Papagaio

Artilheiro do último Brasileiro sub-20, Papagaio deve ser reserva neste sábado (Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

LANCE!
26/10/2018
19:26
São Paulo  (SP)

Na tarde desta sexta-feira, o Palmeiras realizou no CT do Fluminense, no Rio de Janeiro, o seu último treinamento antes de enfrentar o Flamengo, neste sábado, no Maracanã. E as novidades na atividade foram o lateral-esquerdo Luan Cândido, o volante Gabriel Furtado e o atacante Papagaio, campeões do Campeonato Brasileiro sub-20 pelo nessa quinta-feira.

Como é costume, apenas o aquecimento teve a presença da imprensa, sem nenhuma pista da escalação. Luiz Felipe Scolari tem uma série de problemas para escalar a equipe que enfrentará o vice-líder do Brasileiro - o Verdão tem quatro pontos de vantagem para o Rubro-negro carioca.

O treinador não poderá contar com o lateral-direito Mayke, o volante Bruno Henrique e o meia Lucas Lima, todos suspensos por acúmulo de cartões amarelos, e com o atacante Deyverson, que cumpre gancho por ter sido expulso na última rodada. Além disso, estão fora por problemas físicos o lateral-direito Marcos Rocha, o volante Jean e o meia-atacante Artur.

O Palmeiras foi da Argentina ao Rio de Janeiro nessa quinta-feira - na quarta-feira, perdeu por 2 a 0 para o Boca Juniors, em Buenos Aires, pelas semifinais da Libertadores. O quarteto suspenso não seguiu com a delegação para o Rio de Janeiro, enquanto o trio campeão brasileiro sub-20 se juntou ao elenco.

Papagaio bateu recorde de gols no Brasileiro sub-20, balançando as redes 12 vezes. Começou a final contra o Vitória dessa quinta-feira na reserva exatamente porque se juntaria ao elenco profissional. O garoto de 20 anos de idade tem treinado com frequência na Academia de Futebol e desta vez irá preencher a lacuna deixada por Deyverson, suspenso.

Gabriel Furtado também tem treinado no time principal desde o ano passado e Luan Cândido, autor de três gols no triunfo por 5 a 2 sobre o Vitória na final do Brasileiro sub-20, já ficou no banco de reservas com Felipão, na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, no Morumbi, no último dia 6.