Gabriel Veron Palmeiras x Grêmio

Gabriel Veron em atuação pela partida de ida da final da Copa do Brasil (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
09/03/2021
09:00
São Paulo (SP)

Em sua primeira temporada completa como jogador profissional do Palmeiras, o promissor atacante Gabriel Veron passou por diversos problemas físicos, perdendo as finais do Campeonato Paulista e Libertadores, além de ser cortado da lista do Mundial de Clubes. Ainda lesionado antes da decisão da Copa do Brasil, o camisa 27 conseguiu a recuperação parcial antes do primeiro duelo, e com muito esforço, ficou à disposição na grande final.


>> 20 motivos para acreditar que o Palmeiras vai seguir faturando títulos nos próximos anos

Entre as contusões do jovem, a última delas havia ocorrido pouco antes do confronto diante do Santos, pela final da Taça Libertadores. Na ocasião, uma lesão muscular na coxa esquerda tirou o jogador da partida e também resultou no corte do atleta no Mundial de Clubes, dando lugar ao também formado nas categorias de base, Lucas Esteves.

Embora a lesão não fosse séria, Gabriel passou todo o mês de fevereiro tratando o problema na Academia de Futebol e não atuou na reta final do Campeonato Brasileiro.

Alvo de críticas de torcedores nas redes sociais por conta da demora em seu processo de retorno aos gramados, segundo o apurado pela reportagem do NOSSO PALESTRA/LANCE!, o atacante viveu uma sequência de múltiplas lesões pequenas, que causaram apenas desconforto, mas não prejudicaram a musculatura do jogador.

A fim de conseguir estar devidamente recuperado e na melhor forma possível para ficar à disposição de Abel Ferreira nas duas partidas da grande decisão, Gabriel Veron tomou suplementação nas semanas que antecederam a final e intensificou os tratamentos dentro do Centro de Excelência do clube. Sempre brincalhão e espontâneo nas redes sociais, o jovem demostrou grande maturidade e muito profissionalismo longe das câmeras ao longo do processo de terapia.

Gabriel Veron Qatar
Mesmo lesionado, Veron viajou ao Qatar para o Mundial e seguiu cronograma específico (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Ainda segundo a reportagem, o atleta está sendo muito bem avaliado pela diretoria e comissão técnica do Verdão e agora também tem acompanhamento particular, fora do clube, além de todo o trabalho realizado com o departamento médico e setor de fisioterapia da Academia.

Com reforço no trabalho físico e muscular do atacante, a expectativa é de que Veron fique prevenido de lesões e consiga maior sequência na temporada 2021. Em 2020, o atacante somou 39 jogos, com nove gols, quatro assistências e 45 passes para finalização.

Em alta pelo título da Copa do Brasil, Gabriel Veron também entrou na história da competição se tornando o primeiro jogador a ser campeão do torneio por três categorias distintas. Em 2019, ergueu a taça pelas categorias Sub-17 e Sub-20 e fechou a trinca na conquista deste domingo, conquistando seu terceiro título como atleta profissional.