Cuca e Felipão

Verdão ficou 15 jogos sem perder com Cuca; Felipão está a dois de igualar (Montagem de fotos da Ag.Palmeiras)

Thiago Ferri e William Correia
13/10/2018
08:00
São Paulo (SP)

O Palmeiras pode atingir em dois jogos o recorde de invencibilidade da campanha do último título brasileiro. Em 2016, sob o comando de Cuca, o Verdão ficou 15 partidas sem perder (dez vitórias e cinco empates); a sequência atual é de 13 rodadas invicto (dez vitórias e três empates).

Desses 13 jogos, um foi sob o comando do técnico do sub-20, Wesley Carvalho, e os outros 12 depois da volta de Felipão. Com o comandante da base, o Verdão venceu o Paraná por 3 a 0; com o atual treinador, são nove vitórias e três empates (um deles com Paulo Turra no banco, pois Scolari estava suspenso).

Os números entre as duas campanhas, inclusive, são semelhantes. Há dois anos, o Palmeiras tinha só um ponto a mais depois de 28 rodadas (57 pontos, contra os atuais 56) e os mesmos três de vantagem para o vice-líder (à época o Flamengo, hoje o Internacional).

Se a equipe de 2016 já tinha vencido mais (17 vezes contra as 16 hoje) e feito mais gols até este momento (50 gols pró x 43 de 2018), perdeu mais (5 x 4) e sofreu mais gols (27 x 18). O saldo de gols com Felipão, portanto, é maior: +25 contra +23.

Os próximos dois jogos do Palmeiras serão como mandante, no Pacaembu: contra o Grêmio, neste domingo, às 16h, e contra o Ceará, domingo seguinte, também às 16h. Contra o time gaúcho, que também luta pelo título, o estádio deverá estar perto de sua lotação máxima.

De acordo com o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o Palmeiras tem 63% de chances de conquistar o campeonato deste ano. Internacional (19%), Flamengo (8%), São Paulo (6%) e Grêmio (4%) são considerados os outros candidatos.