NP

(Foto: Arquivo Pessoal)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
02/02/2021
07:30
São Paulo (SP)

O Palmeiras contratou, na última semana, o ponta direita Riquelme, de 15 anos, ex-Ibrachina FC. O jogador é considerado uma promessa para o futuro e assinou vínculo por três anos com o Verdão.

>> Confira a classificação atualizada do Brasileirão e faça sua simulação
​>> Seleção da Libertadores 2020 é divulgada pela Conmebol. Veja quem entrou!

Fruto da geração 2006, Riquelme é um jogador de velocidade e atua aberto pela direita. Além da agilidade, se destaca também pela finalização e drible, levando considerável vantagem no 1×1. Ele foi descoberto por olheiros do Palmeiras, em um amistoso da equipe Sub-15.

Negociado junto ao Ibrachina, clube de futebol com cerca de cinco meses de fundação e sede no tradicional bairro da Mooca, a equipe realiza trabalho especifico com as categorias de base, tendo como objetivo revelar jovens atletas. Apesar do pouco tempo de criação, a instituição já está em processo de filiação na Federação Paulista de Futebol (FPF).

Em entrevista exclusiva ao L!/NOSSO PALESTRA, o jovem contou a sensação de vestir o manto palestrino e revelou seu sonho em usar o uniforme. Para o atleta, a felicidade não é apenas dele, como de toda a família.

– A sensação de vestir a camisa do Palmeiras não tem explicação. É o maior clube do Brasil, com uma torcida fanática e sempre foi um sonho defender essas cores. Tem sido uma felicidade imensa tanto para mim quanto para a minha família.

Grande destaque do Ibrachina, Riquelme tinha outras propostas além do Palmeiras. No entanto, ele escolheu a equipe palestrina para dar seus primeiros passos rumo ao futebol profissional. A realização de um grande sonho segundo o próprio jogador.

NP
(Foto: Arquivo Pessoal)

– O que me motivou a escolher o Palmeiras é que sempre foi um sonho desde criança em jogar no maior clube do Brasil. Tem sido a realização de um grande sonho.

Para finalizar, o jovem traçou uma perspectiva do ano, já mirando a temporada 2021, ressaltando que tem como objetivo atender as expectativas, além fazer muitos gols com a camisa alviverde. Para finalizar, ainda prometeu: Dedicação não faltará.

– O que eu espero na próxima temporada, ainda mais sendo a minha primeira no clube, é que possa ser um ano incrível e que eu consiga atender as expectativas de todos, fazendo muitos gols. Vou dar meu máximo dentro de campo. Dedicação, raça e suor que não vão faltar.

As categorias de base do Palmeiras devem se reapresentar na segunda quinzena de fevereiro. Já os primeiros jogos oficiais estão previstos para o final de março.