Bragantino x Palmeiras - Disputa

Meia Lucas Lima é marcado de perto pelo volante Uillian Correia, que fez gol no jogo (Foto: Van Campos/Fotoarena)

LANCE!
02/02/2020
17:12
Bragança Paulista (RJ)

O Palmeiras sofreu, neste domingo, a sua primeira derrota em 2020. Jogando no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, o Verdão perdeu por 2 a 1 para o RB Bragantino, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. O volante Uillian Correia e o centroavante Ytalo, de pênalto, fizeram os gols dos donos da casa. Dudu, também de pênalti, descontou.

Com este resultado, o Palmeiras corre o risco de perder a segunda colocação do Grupo B, pois soma os mesmos sete pontos do Novorizontino, que enfrentará o São Paulo nesta segunda-feira, às 20 horas, no Morumbi. O Verdão voltará a campo no próximo sábado, às 19h30, para visitar a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas. 

Confira a classificação do Campeonato Paulista   

O JOGO

Donos da casa saem na frente

O RB Bragantino foi superior ao Palmeiras antes da parada técnica e obrigou Weverton a fazer três boas defesas, com chutes de  Aderlan, Uillian Correia e Claudino. No Palmeiras, só Wesley chegou perto de balançar a rede. O atacante, de 19 anos, surpresa do técnico Vanderlei Luxemburgo para a partida, cabeceou uma bola que Julio Cesar defendeu com tranquilidade. De tanto insistir, os donos da casa chegaram ao gol quando o relógio marcava 33 minutos. Após cobrança de lateral, Ytalo fez um pivô que paralisou Felipe Melo e Gustavo Gómez, e a bola sobrou para Uillian Correia bater na saída de Weverton. Antes do intervalo, Claudinho ainda mandou uma bola que passou rente à trave e foi para fora.

Ducha de água fria

Luxemburgo fez duas modificações na equipe no intervalo, trocando o volante Gabriel Menino pelo meia Zé Rafael e Wesley pelo também atacante Willian. Logo com um minuto do segundo tempo, Luiz Adriano obrigou Julio Cesar fazer grande defesa ao chutar de primeira. O pior aconteceu, no entanto, para o Palmeiras. Um minuto depois, uma das apostas de Luxa para a etapa final, Zé Rafael, cometeu pênalti em Edimar. Ytalo converteu a cobrança, aos quatro, e ampliou a vantagem do RB Bragantino.

Reação Insuficiente

O Palmeiras melhorou na partida e passou a criar boas chances de gol. Lucas Lima, em cobrança da falta, só não empatou a partida porque Julio Cesar fez grande defesa. Dudu, por sua vez, desperdiçou uma oportunidade incrível ao deixar a bola escapar quando recebera sozinho no segundo pau. Um indício de reação alviverde surgiu aos 31 minutos. Edimar corta mal uma bola, que sobra para Willian. O lateral-esquerdo do RB Bragantino, então, derrubou o atacante do Palmeiras dentro da área. O árbitro Thiago Duarte Peixoto errou ao dar apenas cartão amarelo para o jogador, pois, como Willian tinha chance clara de gol quando sofreu o pênalti, o lance era para cartão expulsão. Dudu cobrou o pênalti com estrema categoria e diminuiu o estrago, aos 33. Apesar de o Alviverde ter pressionado no fim, a reação não passou disso.   

FICHA TÉCNICA
RB BRAGANTINO 2 X 1 PALMEIRAS

Local:  Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)  
Data-Hora: 2 de fevereiro de 2020, às 16h
Árbitro:  Thiago Duarte Peixoto - Nota LANCE!: 6,0 - Acertou nas marcações de pênalti, sobe segurar um jogo que estava tenso, mas deveria ter dado cartão vermelho para Edimar no lance do pênalti para o Palmeiras.
Assistentes:  Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back  
Público/Renda: 9.866 presentes/R$ 154.460
Gramado: Ótimo.
Cartão amarelo: Aderlan, Edimar e Matheus Jesus (RB Bragantino); Gustavo Gómez e Wesley (Palmeiras) 
Cartão vermelho: nenhum

Gols: Uillian Correia, 33'\1ºT (1-0), Ytalo, 4'/2ºT (2-0) e Dudu, 33'/2ºT (2-1)

RB BRAGANTINO: Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Barreto, Uillian Correia, Claudinho, Bruno Tubarão (Morato, 27'/2ºT) e Thonny Anderson (Matheus Jesus, 19'/2ºT); Ytalo (Alerrandro, 37'/2ºT). Técnico: Felipe Conceição.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Victor Luis; Gabriel Menino (Zé Rafael, no intervalo), Ramires e Lucas Lima; Wesley (Willian, no intervalo), Dudu e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.