Palmeiras Robertão 1967

O Palmeiras foi campeão tanto do Robertão (foto) quanto da Taça Brasil em 1967 (Foto: Reprodução de internet)

LANCE!
08/06/2020
08:00
São Paulo (SP)

A temporada de 1967 foi marcante para o Palmeiras. O time sagrou-se campeão brasileiro duas vezes no mesmo ano, sendo que uma destas conquistas, a do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o Robertão, aconteceu há exatos 53 anos, no dia 8 de junho de 1967, quando a equipe venceu o Grêmio por 2 a 1, com dois gols de César Maluco.

Com a conquista posterior da Taça Brasil, aumentou-se para três o número de títulos brasileiros na estante alviverde naquele ano. A controvérsia é exatamente neste ponto: como pode ter havido duas competições com peso de Campeonato Brasileiro no mesmo ano? Acontece que, diferentemente do zombado por rivais, os campeonatos eram diferentes, mas, atualmente, possuem valores iguais, conforme a CBF.

O Robertão começou a existir em 67. Era organizado pelas federações paulista e carioca, como uma ampliação do Torneio Rio-São Paulo, e com a inserção de clubes de outros estados (Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná). No total, foram 15 equipes participantes divididas em dois grupos, de oito e sete, nos quais todos se enfrentavam em turno único. No quadrangular final, Palmeiras, Grêmio, Corinthians e Internacional estavam classificados e jogaram turno e returno para definir o campeão, que acabou sendo o Palmeiras.

Já no segundo semestre de 67, o Palmeiras disputou a Taça Brasil, que era realizada em sistema eliminatório e indicava os representantes brasileiros à disputa da Libertadores do ano seguinte. Somente participavam o atual campeão e os vencedores dos estaduais anteriores (de 1966). Como o Alviverde foi campeão paulista na ocasião, entrou diretamente nas semifinais, eliminou o Grêmio e, na final, conquistou o título em cima do Náutico. É por isso, então, que são considerados dois ‘Brasileiros’ no mesmo ano, porque, afinal, foi somente a partir de 1971 que as competições foram unificadas e se transformaram em Campeonato Brasileiro.

César Maluco Palmeiras 1967
César Maluco fez os dois gols do título (Foto: Reprodução de internet)

Depois de tudo explicado, há 53 anos, no dia 8 de junho de 1967, o Palmeiras conquistava seu segundo Campeonato Brasileiro, em uma campanha com dez vitórias, oito empates e apenas duas derrotas sob comando do técnico Aymoré Moreira. Na última rodada, os palmeirenses precisavam apenas de um empate diante do Grêmio, no Pacaembu, mas acabaram vencendo com dois gols de César Maluco, que acabou sendo o artilheiro da competição, com 15 tentos marcados.

Torneio Roberto Gomes Pedrosa
PALMEIRAS 2 x 1 GRÊMIO
Data: 8 de junho de 1967
Local: Estádio do Pacaembu, São Paulo (SP)
Quadrangular final (6ª rodada)
Juiz: João Carlos Ferrari (RS)
Gols: César Maluco (8’ do 1ºT-PAL), César Maluco (24’ do 1ºT-PAL) e Ari Ercílio (40’ do 2ºT-GRE)

Palmeiras: Perez; Djalma Santos, Baldocchi, Minuca e Ferrari; Dudu e Ademir da Guia; Dario (Zico), Servílio, César e Tupãzinho (Rinaldo). Técnico: Aymoré Moreira.

Grêmio: Arlindo; Everaldo, Ari Ercílio, Paulo Souza e Ortunho; Áureo (Paíca) e Cléo; Babá (Loivo), João Severiano, Beto (Vieira) e Volmir. Técnico: Carlos Frôner.