Rony Palmeiras

Rony vai para a primeira final com a camisa do Palmeiras (Cesar Greco/Agência Palmeiras)

LANCE!
05/08/2020
08:00
São Paulo

O Palmeiras volta nesta quarta-feira (5) a participar de uma decisão após mais de dois anos. A última aconteceu contra o mesmo Corinthians, também pelo Campeonato Paulista. Desde então, o Alviverde ganhou o Brasileiro de 2018, mas não avançou à final nos torneios de mata-mata.

Principal reforço para a temporada, o atacante Rony vai disputar um título com a camisa do Verdão pela primeira vez e terá um velho conhecido do outro lado. Campeão da Copa Sul-Americana-2018, da Levain Cup/Conmebol-2019 (antiga Copa Suruga) e da Copa do Brasil-2019, ele teve como comandante Tiago Nunes, agora no rival.

São somente nove jogos pelo Palmeiras e nenhum gol marcado. O primeiro pode vir justamente na decisão e Rony tem experiência em balançar as redes em confrontos decisivos. Foi assim contra o Internacional, na Copa do Brasil, e diante do Shonan Bellmare (JAP), na Levain Cup/Conmebol. Em ambos estava como visitante, como vai acontecer logo mais na Arena Corinthians, a partir das 21h30.

Nenhum outro companheiro de Palmeiras esteve presente em tantas finais como Rony nos últimos dois anos. Campeão em 2018 e 2019, o atacante tem a oportunidade de, agora de verde, incluir mais uma taça na galeria.

Finais com Rony presente desde 2018:

Copa Sul-Americana de 2018 - Participou do jogo em que o Athletico superou o Junior Barranquilla (COL), nos pênaltis. Tiago Nunes era o técnico.

Recopa Sul-Americana de 2019 - Esteve nos confrontos diante do River Plate. O clube argentino levou a melhor após perder por 1 a 0 em Curitiba e golear por 3 a 0 no Monumental de Nuñez. Tiago Nunes era o técnico.

Levain Cup/Conmebol de 2019 - Marcou um dos gols na goleada por 4 a 0 contra o Shonan Bellmare, do Japão. O Athletico ganhou o direito de disputar a final por ser campeão da Copa Sul-Americana no ano anterior. Tiago Nunes era o comandante.

Copa do Brasil de 2019 - O Furacão venceu as duas partidas contra o Internacional e o Rony fez o gol que decretou o título, no Beira-Rio, mais uma vez sob o comando de Tiago Nunes.

Supercopa do Brasil de 2020 - Em meio ao imbróglio da permanência ou não no Athletico, Rony esteve em campo na derrota para o Flamengo, em Brasília, no mês de fevereiro. Tiago Nunes já estava no Corinthians e Dorival Júnior foi o treinador.