Tom Brady e Rob Gronkowski -Tampa Bay Buccanners

Tampa Bay Buccanners se reforçou com Brady e Gronk para chegar ao Super Bowl em casa (Foto: AFP)

João Brandão
08/09/2020
13:19
Rio de Janeiro (RJ)

Tampa Bay irá receber o seu 5º Super Bowl, enquanto o estado da Flórida sediará o evento pela segunda vez consecutiva, após a última final ter sido realizada em Miami. Em uma região com clima quente é onde a NFL terá o seu clímax tanto no duelo dentro de campo, mas também no que o público pode esperar do evento como um todo na cidade.

Tampa Bay Area

Entre a última semana de janeiro e a primeira semana de fevereiro, até o dia sete, data da grande final, Tampa Bay será a Disney para os fãs do futebol americano. Próxima de Orlando, a cidade da Flórida irá chamar atenção por conta das diversas possibilidades de lazer que os residentes locais e turistas poderão aproveitar por conta do Super Bowl.

Paulo Mancha, comentarista da NFL nos canais ESPN, contou ao LANCE! que na cidade de Tampa há um evento chamado Gasparilla, uma espécie de carnaval aquático. A festa geralmente ocorre no último final de semana de janeiro e a região pode acabar emendando as celebrações com os eventos entorno Super Bowl caso a situação da pandemia da Covid-19 esteja controlada até janeiro.

- Gasparilla é um carnaval de barcos. As pessoas enfeitam e fazem uma procissão com os barcos, com músicas, que remete a invasão dos piratas espanhóis. Vai muita gente para lá, pois nessa época faz inverno em grande parte dos Estados Unidos, mas lá faz calor o tempo inteiro. Hoje em dia, O Super Bowl é quase como um carnaval, a cidade sede começa a ter eventos relacionados ao jogo 10 dias antes da partida, ele deixou de ser um jogo.

Gasparilla - Festa no litoral dos Estados Unidos
Super Bowl pode emendar com Gasparilla em Tampa Bay (Foto: Divulgação)

O evento

Dependendo da questão de como o novo coronavírus estará presente até o fim da temporada, os fãs do futebol americano terão a oportunidade de aproveitar diversos eventos relacionados ao esporte mais popular dos Estados Unidos. Desde festas até palestras em colégios públicos podem ser registrados.

Paulo Mancha - Comentarista da ESPN
Paulo Mancha comentou sobre curiosidades de Tampa Bay e do Super Bowl (Foto: Divulgação)

- Como faz calor em Tampa, tudo acontece ao ar livre, nas ruas, é um clima muito de festa Em já fui em Super Bowl em cidade fria e é difícil criar um clima de festa nas ruas, acaba sendo algo mais compartimentado. Não vai ter um quarteirão em Tampa que não esteja respirando o Super Bowl do ano que vem caso o coronavírus não nos atrapalhe - afirmou Mancha.

O sonho

O sonho de chegar em um Super Bowl é tão grande que até o time da cidade, o Tampa bay Buccaneers, se reforçou com peças consagradas do esporte, como Tom Brady, Rob Gronkowski e Lesean McCoy, atletas que já conquistaram o troféu ao menos uma vez em suas vidas. Além disso, a franquia que faz homenagem aos mitos da região com os piratas busca ser o primeiro time a jogar uma final dentro de casa.

- A questão vai ser ver como o Bruce Arians vai montar a linha ofensiva para proteger o Tom Brady, pois ele não é um quarterback móvel. Não adianta ter Gronkowski, Godwin, Evans sem uma linha que proteja o Brady. Vai ser o x da questão. Eu acho que a chegada do Brady dá uma virada no Tampa Bay Buccaneers.

Raymond James - Estádio
Raymond James Stadium será palco do Super Bowl (Foto: Divulgação)

No entanto, o sonho não é só do Tampa Bay Buccaneers, mas de todas as 32 franquias que fazem parte da NFL. Em uma temporada que deve transcorrer de forma tão atípica, por conta da Covid-19, cada time irá batalhar durante 18 a 19 partidas para poder comemorar e colocar o anel de campeão de Super Bowl nos dedos em fevereiro.