Flávia Saraiva no Mundial de Ginástica Artística em Doha

(Foto: Abelardo Mendes/Rededoesporte.gov.br)

LANCE!
03/11/2018
14:33
Doha (QAT)

Flávia Saraiva passou perto, mas ficou sem quaisquer medalhas na final do solo feminino no Mundial de Ginástica Artística. Em Doha, a brasileira fez boa apresentação na decisão, mas viu o pódio escapar ao pisar fora do tablado e ser penalizada. A ginasta tupinquim ficou na quinta posição, com 13.766.

A americana Simone Biles levou o ouro no solo feminino, fechando sua participação com seis medalhas: quatro títulos (solo, individual geral, prova por equipes e salto), uma prata (barras assimétricas) e um bronze (trave). Morgan Hurg ficou com a prata (13.933) no solo feminino e Mai Murakami fechou o pódio (13.866).

- Eu acho que minha série não foi tão boa quanto nos outros dias, pisei fora do solo. Consegui manter minha posição das eliminatórias, mas saio feliz do Mundial, foi um trabalho bem feito. Eu não penso muito em torcer contra as outras, eu fui para fazer meu melhor, elas também foram. Tem que torcer para todo mundo - analisou Flavinha.

O Brasil no Mundial de Ginástica Artística
Flavinha e Caio Souza, que eram os únicos representantes brasileiros nas finais deste sábado, não conquistaram quaisquer medalhas. Com isso, o país se despede do Mundial de Ginástica Artística com apenas um pódio - a medalha de prata de Arthur Zanetti nas argolas. Na competição por equipes, tanto a masculina quanto a feminina terminaram em sétimo lugar. Caio Souza ficou em oitavo no salto; Flávia Saraiva ficou na mesma posição no individual geral.