Flamengo x Botafogo - NBB

BOTAFOGO 67x73 FLAMENGO (Foto: Reprodução/Twitter)

LANCE!
01/03/2019
23:32
Rio de Janeiro (RJ)

Clássico é sempre um jogo definido no detalhe, mas o Flamengo levou a melhor novamente em 2019 pelo NBB. Nesta sexta-feira de Carnaval, a equipe Rubro-negra comemorou o triunfo por 73 a 67, no Ginásio Oscar Zelaya. Com o resultado, o Alvinegro é o sétimo colocado, com nove vitórias e 12 derrotas, com 42,9% de aproveitamento. Já o time da Gávea é o terceiro colocado, com 17 vitórias e quatro derrotas, e briga diretamente com Pinheiros e Franca pela liderança, com 81% de aproveitamento na competição. 

O cestinha da partida foi Marquinhos, do Flamengo, com 22 pontos: depois de um início de jogo ruim, ele fechou a partida com 50% de aproveitamento na bola de três pontos. Do outro lado, pelo Botafogo, Coelho anotou 19 pontos. 

Vale salientar, que desde que voltou ao basquete, o Botafogo enfrentou o Flamengo sete vezes: quatro jogos pelo Campeonato Carioca, dois pelo NBB e um pelas quartas de final da Copa Super 8. No primeiro turno, os Rubro-negros passaram tranquilamente pelo adversário, no Tijuca Tênis Clube. Na ocasião, o ala Marquinhos marcou 35 pontos e foi o cestinha da partida. 

Troca-troca
O primeiro período foi interessante, mas não com o ritmo esperado. Na parte inicial, o Flamengo ficou à frente do placar, com Marquinhos mantendo a regularidade, abrindo oito pontos de vantagens. No entanto, depois da metade, o Botafogo reagiu e virou o jogo, com contra-ataques e defesa consistente, aproveitando os erros em arremessos simples dos Rubro-negros.

Virou clássico
A cara do segundo quarto mudou completamente, sem que um clube destoasse. Com o equilíbrio, as equipes redobraram a atenção na defesa. Os arremessos de três pontos, por exemplo, foram bem raros durante a partida. Mesmo sem sua principal arma, o time da Gávea conseguiu ir para o intervalo em vantagem, com Anderson Varejão sendo o destaque.

Sintonia
Na volta para a segunda etapa, foi a equipe comandada por Gustavinho entrou mais focada. A defesa e o ataque atuaram juntas para seguir à frente do marcador, sem sofrer sustos. As bolas de três, que não apareceram em boa parte do tempo, começaram a cair. Do outro lado, o time de Léo Figueiró buscou as infiltrações e marcação por zona. 

Emoção
Enganou-se quem pensou que o Botafogo não teria força para reverter a diferença. Com Diego, Jamaal e Coelho inspirados no último quarto, a vantagem do Flamengo que era de 14 , caiu para cinco. Mas rapidamente a experiência dos jogadores do Fla controlaram a partida e fecharam com o triunfo e mantém escrita contra o adversário. 

Próximos compromissos
Na próxima rodada, as equipes têm o Minas pela frente. Antes, o Botafogo enfrenta os mineiros, no dia 6, também no Ginásio Oscar Zelaya. Depois, o Flamengo, no dia 9, sábado, às 14h, no Tijuca Tênis Clube.