Golden State Warriors x Boston Celtics - Curry MVP

Curry foi eleito o MVP das finais pela primeira vez (FOTO: ELSA / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)

LANCE!
17/06/2022
01:33
Boston (EUA)

Com lágrimas nos olhos e um sorriso no rosto, Stephen Curry abraçou o técnico Steve Kerr e disse: “A gente conseguiu, cara. A gente conseguiu!” O Golden State Warriors conseguiu. De novo. Com uma vitória por 103 a 90 sobre o Boston Celtics, em pleno TD Garden, a dinastia de San Francisco ganhou seu quarto título da NBA nos últimos oito anos. O protagonista não podia ser outro: Curry foi eleito o MVP das finais pela primeira vez na carreira.

A reação de um jogador que já carregava no currículo três títulos da NBA, dois troféus de MVP - um deles unânime -, o recorde de bolas de 3 pontos convertidas na história da liga entre outras tantas honrarias diz muito sobre o significado do título.

> GALERIA: Saiba aqui os times com mais títulos da NBA

Assim que o jogo acabou, Curry foi ao chão e às lágrimas no lendário ginásio dos Celtics. Onde tantos adversários já choraram depois de amargar derrotas e mais derrotas, o armador dos Warriors deixou a emoção sair de seu corpo após um resultado que, segundo ele, poucas pessoas acreditavam ser possível alguns meses atrás.

- Estou muito orgulhoso do nosso grupo. São pessoas incríveis. O que a gente passou nos últimos três anos… No começo da temporada ninguém achou que estaríamos aqui, a não ser as pessoas que estão aqui na quadra agora. É surreal - resumiu Curry, que terminou o jogo do título com mais uma atuação de gala.

Foram 34 pontos, 7 rebotes, 7 assistências, 2 roubadas de bola, 6 bolas de 3 pontos e uma atuação defensiva fundamental. A única coisa que faltava na sala de troféus de Stephen Curry não falta mais. O tão polêmico troféu de MVP (jogador mais valioso) das finais virou realidade.

Golden State Warriors x Boston Celtics - Curry
Curry se emocionou ao fim da partida (Foto: Adam Glanzman / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP)

Com todo o elenco gritando “MVP! MVP” no palco montado dentro da quadra de Boston, o armador recebeu a honraria em frente à torcida dos Celtics e desabafou sobre o significado daquele momento.

- Eu ouço toda a conversa em relação a isso, todos os jogadores ouvem. Mas no fim do dia o que importa é o que a gente faz dentro de quadra. Você sempre duvida, sabe quão difícil é chegar até aqui. Mas nós achamos um jeito de conseguir de novo. Esse título é diferente, com certeza - declarou Curry.

Na história

Com mais um anel de campeão nos dedos, Stephen Curry, Draymond Green, Klay Thompson e o veterano Andre Iguodala chegaram ao quarto em suas carreiras, igualando lendas da NBA como Shaquille O’Neal, Robert Parish, Manu Ginóbili e Tony Parker.

Outro personagem histórico da liga norte-americana é Steve Kerr. Com cinco títulos da época de jogador pelo Chicago Bulls e pelo San Antonio Spurs, o treinador dos Warriors chegou aos 9 anéis na carreira, somando as conquistas em quadra e no banco de reservas.

Além dos feitos individuais, a conquista é simbólica para a franquia. Agora, o Golden State Warriors é isolado o terceiro time com mais títulos na história da liga, com 7. Nesta quinta-feira, a equipe de San Francisco deixou para trás ninguém menos que o Chicago Bulls de Michael Jordan, que conquistou 6 títulos.