Falcão se despediu das quadras

Falcão se despediu das quadras nesta quinta-feira (Foto: Divulgação/Magnus Sorocaba)

LANCE!
07/12/2018
14:39
São Paulo (SP)

Chegou a hora do adeus. Nesta quinta-feira, Falcão fez seu último jogo e oficialmente se despediu do futsal. Seu time, o Magnus, ficou com o vice-campeonato da Liga Paulista diante do Corinthians - a equipe de Sorocaba venceu por 5 a 3 no tempo normal, mas o empate por 0 a 0 na prorrogação deu o título ao Timão, que tinha vencido o primeiro jogo por 7 a 3. 

- Eu sou um privilegiado, sou um escolhido, pude estar mais de 20 anos em alto nível. Se conseguisse jogar e treinar, poderia jogar mais um pouquinho. Aqui é um atleta que se doou ao máximo, se apaixonou pelo que fez, errou, acertou, perdeu um pouco. Nunca quis jogar com meu nome, sempre provava, acredito que nesses 20 e poucos anos em profissional nunca passei em branco nem com seleção e nem clube, acredito que isso seja o meu legado. Sempre fui campeão pelos clubes que joguei - disse o camisa 12 ao SporTV.

Ver o título escapar em seu último jogo em nada diminuiu a 'sensação boa' do jogador, que ainda analisou a partida e destacou o desempenho do Magnus Sorocaba dentro de quadra.

- Agradecer o futsal por tudo que me deu na vida, é assim pelo esporte que aprendi a amar, soube vender. cada vez que ia na Fifa ou em algum programa, era o Falcão que representava o meu esporte. Se tem uma derrota bonita, foi a de hoje. Triste pela saída, mas feliz de dever cumprido. Espero poder ajudar fora das quatro linhas. Acabei com uma sensação muito boa. Pela forma que foi o jogo, a gente merecia. Foi no limite do limite, saí com a sensação gostosa de conseguir jogar, desfrutar. O 'quase' faz parte. Quando acabou o jogo, eu abri um sorriso. A sensação de hoje foi o que senti a vida inteira - completou.