João Lucas Alves é uma das atrações do STU National (Foto: Júlio Detefon/Divulgação STU)

João Lucas Alves é uma das atrações do STU National (Foto: Júlio Detefon/Divulgação STU)

LANCE!
26/05/2022
16:57
Porto Alegre (RS)

A cidade de Porto Alegre (RS) recebe pela primeira vez uma etapa do STU National e abre suas portas para os principais skatistas do Brasil na maior pista de skate da América Latina, construída na orla do Guaíba, em uma área revitalizada e que já virou ponto turístico da capital gaúcha. É uma grande retomada e uma viagem na história da modalidade no Rio Grande do Sul. De figuras emblemáticas de outras gerações, como Cezar Gordo, a nomes da nova safra, como Joao Lucas Alves, o Xuxu, hoje na seleção brasileira, o estado jamais parou de produzir talentos.

+ Tricampeão olímpico Zé Roberto recusa propostas de Turquia e Rússia por Barueri: 'Projeto é razão de viver'

Cezar Gordo sempre foi um dos grandes nomes do skate gaúcho, e é um dos criadores da Matriz Skateshop. Ele lembra que, lá pelos anos 90, era mesmo uma cena bem underground, não havia pistas para andar em Porto Alegre, era tudo improvisado na rua, em rampas criadas na hora pelos próprios skatistas. Segundo ele, “uma época de muito preconceito, mas de muita vontade de fazer a cena acontecer”.

+ Além de Medina, Yago Dora reforça o Brasil na etapa da Indonésia da WSL

- O skate sempre foi presente aqui, em diferentes épocas. Num movimento que eu não tive oportunidade de conhecer, já existia a pista do Parque Marinha do Brasil, que fica na frente da nova pista de skate da Orla. Um ‘Snake Run’ gigante, acredito que umas das primeiras construídas no Brasil e uma das maiores. Mas a cena passou a ter mais relevância nacionalmente a partir da construção da pista do IAPI, em 2001. Ali o skate entrou realmente em um cenário nacional. Passaram a surgir diversos nomes do skate gaúcho que se tornaram ídolos mundiais. A cena deu um pulo na evolução como um todo - relatou Gordo.

Natural de Cachoeirinha, uma das menores cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre, João Lucas Alves, o Xuxu, de 21 anos, é um dos jovens valores da nova geração do Street. Na primeira etapa do STU National, em Criciúma (SC), terminou em quarto lugar. Agora, correndo em casa, ele espera conquistar um resultado ainda melhor para dedicar àqueles que sempre o apoiaram.

- Será muito especial andar em casa e representar todos que se inspiram em mim. O skate sempre foi um refúgio na minha vida. Quem sabe aonde eu estaria se não estivesse andando de skate?! Graças a Deus, tenho esse dom e me inspiro com isso todos os dias. O foco aqui em Porto Alegre, claro, é ganhar, mas independentemente disso, também poder proporcionar esse momento para minha família e para quem se inspira em mim - disse João Lucas Alves.

Maior pista da América Latina e inspirada na própria Porto Alegre

A nova pista será um dos pontos altos do evento. Seu conceito foi o de incluir réplicas e obstáculos que já existem nas ruas de Porto Alegre. Como uma que pode ser vista na Praça Itália, uma ponte em que skatistas andam na cidade. Ou como o corrimão da Câmara dos Vereadores e os tradicionais paralelepípedos imitando uma rua tradicional.

E também tiveram o cuidado de trabalhar com o conceito portuário, para lembrar que Porto Alegre é uma cidade portuária. Prova disso é uma âncora gigante que também é “skatável”, praticamente o símbolo da pista.

- No Park, por exemplo, tem um buraco que representa uma escotilha de navio. Um submarino que emerge possibilitando diversas manobras. Então, além de ser uma grande pista, tem todo um conceito por trás que a torna mais especial. E o que a fez ser considerada uma das melhores pistas do mundo nem é o tamanho, mas sim a forma como foi projetada e construída. Fruto de uma parceria que se chama Confluência, que uniu a Rio Ramp Design, do Rio de Janeiro, e a Spot Skateparks, aqui do Rio Grande do Sul, projetada e executada por uma mão de obra especializada, com grande experiência. Cada canto da pista teve a mão de um skatista, com muito amor e dedicação - ressaltou Gordo.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO:

26/05 (quinta)
10h às 12h30 – Treino livre Street feminino
10h às 12h30 – Treino livre Park feminino
12h30 às 17h30 – Treino livre Street masculino
12h30 às 17h30 – Treino livre Park masculino
17h40 às 18h40 – Congresso Técnico

27/05 (sexta)
9h às 10h – Treino livre Street feminino
9h às 10h – Treino livre Park feminino
10h às 11h – Coletiva de imprensa
11h às 12h – Treino livre Park feminino
10h às 12h30 – Treino livre Street masculino
10h às 12h40 – Treino livre Park masculino
12h40 às 13h50 – Treino livre Park feminino
13h às 16h20 – Eliminatórias Street masculino (ao vivo no Tik Tok)
15h às 18h40 – Eliminatórias Park masculino (ao vivo no Tik Tok)
17h20 às 18h20 – Treino livre Street feminino

28/05 (sábado)
8h às 9h – Treino livre Park feminino
9h às 10h30 – Treino livre Street masculino
9h às 10h50 – Semifinais Park feminino (ao vivo no Tik Tok)
10h30 às 11h30 – Treino livre Street feminino
11h40 às 15h55 – Semifinais Street masculino (ao vivo no Tik Tok)
14h às 15h50 – Semifinais Park masculino (ao vivo no SporTV)
15h50 às 16h20 – BV Tricks Park
15h55 às 19h – Semifinais Street feminino (ao vivo no SporTV)
19h às 19h30 – BV Tricks Street

29/05 (domingo)
9h às 9h35 – Treino livre Park masculino
9h às 11h30 – Treino livre Street feminino
11h30 – Paraskate Park masculino (ao vivo no Tik Tok)
13h às 14h02 – Final Park feminino (ao vivo no SporTV)
14h15 às 15h30 – Final Street masculino (ao vivo no SporTV)
15h30 às 15h47 – Super Final Street masculino (ao vivo no SporTV)
16h às 17h02 – Final Park masculino (ao vivo no SporTV)
17h10 às 18h25 – Final Street feminino (ao vivo no SporTV)
18h25 às 18h42– Super Final Street feminino (ao vivo no SporTV)