Arthur Zanetti

Arthur Zanetti se recuperou de uma lesão no ombro direito (Foto: Luis ACOSTA / AFP)

Carlos Bandeira de Mello
05/10/2019
07:30
Rio de Janeiro (RJ)

Antes do Pan, Jade Barbosa torceu o joelho esquerdo e ficou fora do evento. Já na disputa, Arthur Zanetti sentiu uma dor no ombro direito e ficou em segundo lugar nas argolas devido ao incômodo. As lesões atrapalham a ginástica artística brasileira. Ao LANCE!, o médico da equipe, Rodrigo Sasson, falou sobre a recuperação do campeão olímpico, prata no Peru.

– O Zanetti não teve lesão importante. Após o Pan, dosou a carga de treinamento, tirando os elementos que causavam mais dor e está 100% para o Mundial – disse o médico.

Rodrigo também falou da recuperação de Jade Barbosa. A comissão técnica optou por preservá-la para o Mundial de Stuttgart, pois a competição vale vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

– No caso da Jade, ocorreu um pequeno edema no local que, naquele momento, gerou uma dor importante. Pelo fato de o objetivo maior ser a classificação, preferimos não colocá-la na competição para ser reabilitar. Agora, já está 100%, em todos os aparelhos e em plenas condições – disse Sasson.

Jade Barbosa
Jade Barbosa não foi ao Pan por conta da lesão
(Foto:Wander Roberto/COB)

Apesar das recuperações, haverá desfalques. Entre as mulheres, Rebeca Andrade, que passou por cirurgia no joelho direito em junho, não está à disposição para lutar por medalha. Mas ela irá à competição.

– Não poder contar com ela é não ter a nota mais forte da equipe. Porém, é muito importante que ela esteja junto com o grupo nesta preparação final, ao lado do treinador e podendo contar com o auxílio da equipe médica. Ela tem que seguir treinando junto das outras atletas para não perder este ambiente competitivo – destacou Rodrigo.

O treinador do time feminino, Valeri Liukin, acredita nas chances reais de classificação olímpica da Seleção Brasileira, mesmo com a ausência de sua principal ginasta.

– Temos possibilidades reais de nos classificar para os Jogos Olímpicos, porém, neste momento, estamos sem nossa melhor atleta, que é a Rebeca Andrade, e com a Lorrane Oliveira fazendo apenas um aparelho. Isso será um desafio a mais, porém vamos trabalhar para que tudo dê certo – disse o treinador.

SEM CAROLINE

Outro problema é que Carolyne Pedro sentiu uma lesão no tornozelo direito na véspera do Mundial e não representará o Brasil. Deste modo, Letícia Costa passou de reserva a titular, e Isabel Barbosa foi chamada para ficar como primeira reserva.