Logo Lance! Betting

Depois de Hamilton, Ferrari acerta mais dois reforços da Mercedes já para 2024

Apesar do acerto divulgado, Hamilton só vestirá as cores da Ferrari em 2025

image_placeholder-1-aspect-ratio-512-320
Ferrari contratou mais dois funcionários que eram da Mercedes (Foto: AFP)

Escrito por

A Ferrari anunciou nesta segunda-feira (13) duas contratações oriundas da Mercedes já para a temporada 2024 da Fórmula 1. Como já era especulado, o diretor de desempenho da equipe alemã, Loïc Serra, vai defender o time de Maranello, assim como Jêrome D’Ambrosio, ex-piloto belga que assumiu a chefia do setor de desenvolvimento de pilotos e chegou a substituir Toto Wolff no comando do time de Brackley em alguns GPs.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Serra será o chefe de engenharia de desempenho de chassi e trabalhará diretamente com o diretor-técnico, Enrico Cardille. O engenheiro francês vai supervisionar diversas áreas em Maranello, incluindo engenharia de pista, aerodinâmica e performance. Serra trabalhou na Michelin antes de migrar para a BMW-Sauber na F1. Por último, em 2010, juntou-se à Mercedes.

Em 2019, passou a ser diretor de performance, substituindo Mark Ellis. Só que Serra foi um dos principais opositores ao projeto que deu vida ao complicado W13, liderado por Mike Elliott. Em fevereiro, o portal neerlandês "RacingNews365.com" noticiou que tanto o francês quanto Lewis Hamilton compartilhavam da mesma opinião — e preocupação — com o carro de 2022, construído com base nas mais recentes mudanças de regulamento sofridas na F1.

lewis hamilton
Hamilton acertou com a Ferrari e defenderá a scuderia em 2025 (Foto: Giuseppe Cacace / AFP)

Hamilton chegou a falar abertamente sobre ter comunicado à equipe sobre a direção errada, porém não foi ouvido. Serra argumentara que W13 e W14 seguiram um caminho errado por conta da distância entre eixos e assoalho muito longa.

D’Ambrosio, por sua vez, também viu seu nome ligado à Ferrari após o surpreendente anúncio de Hamilton, que vai deixar Brackley ao final deste ano. Os italianos confirmaram que o belga passará a ser o chefe de equipe adjunto, atuando em conjunto com Frédéric Vasseur. Ele também vai chefiar o Ferrari Driver Academy, programa de pilotos de Maranello.

A Ferrari ainda informa que Serra e D’Ambrosio começarão a trabalhar na nova casa a partir do dia 1 de outubro deste ano.

A Fórmula 1 retorna neste fim de semana, de 17 a 19 de maio, em Ímola, para o GP da Emília-Romanha.

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter