Brasil x México - Vôlei Feminino

Tandara terminou a partida com 25 pontos, seguida por Drussyla e Gabi com 14 (Divulgação/FIVB)

LANCE!
08/10/2018
12:05
Nagoya (JAP)

Com um desempenho muito fraco até aqui no Mundial, o México quase surpreendeu a Seleção Brasileira feminina de vôlei no Mundial nesta madrugada. Disputada em Nagoya, no Japão, a partida teve contornos de dramaticidade para o time de José Roberto Guimarães, que perdeu o primeiro sets, mas virou e bateu as mexicanas por 3 sets a 1, com parciais de 23/25, 25/23, 25/13 e 25/19.

Até o confronto da última madrugada, o México havia vencido apenas quatro sets em seis partidas disputadas. Com a vitória, a Seleção Brasileira foi aos 16 pontos no Mundial e chega ao terceiro lugar do grupo E, mas de maneira provisória, isso porque o Japão joga mais tarde e pode reassumir a posição. A Sérvia lidera o grupo com 21 pontos.

- Acredito que a nossa atitude no jogo de hoje foi muito importante. Revertemos uma situação difícil no início da partida para conseguirmos a vitória. Nenhum jogo nesse Mundial será fácil. Sei do meu papel no grupo e estou realizando o sonho de jogar essa competição. Espero ajudar o Brasil da melhorar maneira possível - comemorou a ponteira Drussyla após a partida.

Pelo lado brasileiro, Tandara com 25 pontos, Drussyla e Gabi com 14, foram os destaques. No lado mexicano Andrea Rangel fez 23 e caçula Malanie Parra, de 16 anos, anotou 17 pontos. O time de José Roberto Guimarães volta às quadras na próxima quarta-feira às 1h25 visando uma classificação para a fase seguinte contra a Holanda.

- A Holanda é um time que ganhou jogos importantes contra a Alemanha e o Japão. Elas têm jogado bem e o ponto de força tem sido a Sloetjes (oposta) que tem apresentado um voleibol de altíssimo nível, assim como a Anne (ponteira) que ajuda muito o time e a Belien (central) que vem bem. É uma equipe que está coesa e tem apresentado um bom voleibol. Esse resultado contra a Holanda é fundamental para o nosso grupo - comentou o treinador.