Pódio Brasil natação

João Gomes e Felipe Lima chegaram ao pódio inédito no Mundial (Foto:Satiro Sodré)

LANCE!
24/07/2019
12:42
Gwangju (COR)

Festa para a natação brasileira! Na final dos 50m peito do Mundial de natação, disputado em Gwangju, na Coreia do Sul, o Brasil conseguiu um feito inédito: colocou dois nadadores no pódio em uma mesma prova do Mundial em piscina longa. Felipe Lima conquistou a prata, com o tempo de 26s66, enquanto joão Gomes levou o bronze com 26s69.

- Eu queria estar melhor do que eu estou hoje fisicamente. Estou com uma contusão na virilha esquerda, foi um dos motivos que não nadei muito bem os 100m. Fiz uma luta diária para tentar me recuperar e brigar por medalha. Estou muito feliz - afirmou Felipe, que conquistou sua segunda medalha na carreira, já que foi bronze nos 100m peito em Barcelona 2003.

- A prova de 50 metros é a dos detalhes. Meus fundamentos são um pouco ruins, mas minha parte nadada é melhor. Eu sabia que ia fazer um final de prova melhor. Foquei em não largar tão mal, ontem (na semi) eu sai com pouca velocidade, patinei bastante, fiz uma força para bater junto e pegar a vaga na final. Hoje foi mais tranquilo, sabendo que tinha dois caras rápidos do meu lado, foquei em largar com atenção - disse João Gomes.

Com a dobradinha, o Brasil agora chegou a 43 medalhas em Mundiais. São nove medalhas de ouro em provas de piscina, além de outras seis em águas abertas. São ainda doze pratas, sendo oito na piscina e três nas águas abertas, e 16 bronzes, com oito na natação e sete nas águas abertas.

Vale lembrar que a categoria dos 50m peito não faz parte da Olimpíada. Ela só é disputada em Mundiais.