SFT

Clebinho nocauteou Marcus Jon Jones e manteve o cinturão meio-médio (Foto: Reprodução SFT)

TATAME
31/03/2019
13:38
São Paulo (SP)

Quem acompanhou o SFT 10 na noite do último sábado (30), seja pela transmissão da Band ou diretamente do Clube Atlético Juventus, em São Paulo, não se arrependeu. Foram, ao todo, 12 duelos, com apenas quatro indo para a decisão dos jurados. Na luta principal, Cléber Souza derrotou Marcus Jon Jones por nocaute e manteve o cinturão meio-médio.

No co-main event, o jovem Wellington Predador não tomou conhecimento de Paulo Patetinha e, após dominar na luta em pé, finalizou a disputa com um justo mata-leão. Foi a terceira vitória seguida do lutador na organização, que soma ao todo oito triunfos no cartel.

Clebinho Souza surpreende Marcus Jon Jones

A luta principal do SFT 10 começou com muito estudo por parte de Cléber Souza e Marcus Jon Jones. Com uma envergadura maior que a do campeão, Jon Jones controlava o centro do cage e ia medindo a distância em busca de um golpe certeiro. No fim do primeiro round, Clebinho ainda conseguiu uma queda, mas faltou tempo hábil para trabalhar por cima.

A história parecia que ia se repetir no segundo assalto, com Marcus mais agressivo. Porém, Clebinho tirou uma espécie de "bate-estaca" da cartola que desnorteou Jon Jones. A partir daí, foi só concluir o serviço no ground and pound até a interrupção do árbitro. Vitória por nocaute, manutenção do cinturão meio-médio do SFT e muita celebração do campeão.

Predador atropela Patetinha e engata a trinca

Mais novo que o seu rival, Wellington Predador não sentiu a pressão e rapidamente tratou de liquidar a fatura contra Paulo Patetinha na co-luta principal do evento. Após castigar Patetinha em pé, Wellington foi atrás da finalização e encaixou um justo mata-leão ainda no primeiro round. Foi a terceira vitória consecutiva do jovem peso-pena na organização.

Samurai derrota Pitbull em trocação insana

João "Samurai" Souza e Matheus "Pitbull" Vasco partiram para a trocação franca e mostraram que a parada seria resolvida logo de cara. Melhor para Samurai, que aproveitou uma brecha do rival e, através de um ground and pound violento, anotou o triunfo por nocaute técnico no primeiro round do combate. Mais uma vitória na conta do peso-galo.

Belos nocautes e finalizações marcam o evento

O restante do card contou outros diversos nocautes e finalizações, como o de Gabriela Almeida sobre Sarah Filipini em apenas 18 segundos, na primeira luta da noite. Destaque também para os triunfos por finalização de Diego Bianchini e Fábio Gasolina, ambos via mata-leão, Emanuel Souza, com uma linda kimura, e Matheus Mendonça, em um armlock.

Já na primeira luta do card principal, quem brilhou foi Isabela de Pádua. Mostrando muita agressividade durante os três rounds, a lutadora travou uma verdadeira guerra com Glorinha Paula. No fim, fez valer sua superioridade e levou por decisão unânime dos juízes.

RESULTADOS COMPLETOS:

SFT 10
Clube Atlético Juventus, em São Paulo (SP)
Sábado, 30 de março de 2019

Cléber Souza derrotou Marcus Jon Jones por nocaute no 2R
Wellington Predador finalizou Paulo Patetinha com um mata-leão no 1R
João Souza derrotou Matheus Vasco por nocaute técnico no 1R
Isabela de Pádua derrotou Glória de Paula por decisão unânime dos jurados
Diego Bianchini finalizou Kevem Felipe com um mata-leão 2R
André Amaral derrotou Solenis da Silva por decisão unânime dos jurados
Fábio Gasolina finalizou Paulo Machado com um mata-leão no 3R
Felipe Vidal derrotou Iuri Mesias por decisão dividida dos jurados
Hélio Nunes derrotou Raul Mendez por decisão unânime dos jurados
Emanuel Souza finalizou Ângelo Souza com uma kimura no 1R
Matheus Mendonça finalizou Gabriel Alves com uma chave de braço no 1R
Gabriela Almeida derrotou Sarah Filipini por nocaute no 1R

Quer ficar por dentro do mundo da luta? Clique e acesse o site da TATAME!