LANCE!
16/11/2018
16:07
Rio de Janeiro (RJ)

A carioca Priscila Cachoeira, mais conhecida como Pedrita, será uma das mulheres homenageadas no IV Prêmio Sou do Esporte, destinado a talentos do esporte e a quem fornece condições para o desenvolvimento social por meio da prática esportiva. A cerimônia acontece no dia 21 de novembro, no Grand Hyatt, no Rio de Janeiro.

Ao lado de Verônica Hipólito, do atletismo paralímpico, e Yane Marques, do pentatlo moderno, Pedrita receberá o prêmio "Atleta de Valor 2018", cujo propósito é destacar nomes importantes do esporte nacional que fizeram de 2018 um ano de luta e entrega naquilo que acreditam.

A lutadora de MMA da categoria peso-mosca não atua desde fevereiro deste ano, quando sofreu uma grave lesão no joelho direito ao ser finalizada pela quirguistanesa Valentina Shevchencko, no UFC Belém, em sua estreia no UFC. Nove meses depois, retomou os treinamentos e já foca nos próximos desafios. Ela tem feito seus trabalhos de recuperação física no Vasco.

– Receber o prêmio é uma forma de Deus de falar: "você ainda esta no jogo. Não desista". Tive uma explosão de sentimentos bons em meu coração. Eu me vi forte novamente. Percebi que ainda tinha reconhecimento. Às vezes, acabamos nos desestimulando. Esse convite me estimulou novamente a voltar com tudo – disse Pedrita.

Em dezembro, a atleta disputará uma competição de jiu-jitsu. Uma forma de se testar para o aguardado retorno ao octógono. A expectativa da lutadora, que superou o vício em crack antes de entrar para o mundo das lutas, é voltar ao UFC em fevereiro de 2019, um ano após a lesão.

– Quando recebi a notícia do prêmio, estava com o psicológico realmente abalado por tudo o que aconteceu. É difícil voltar de lesão após ficar dez meses parada. Precisei recuperar o físico e também o peso. Eu ainda tinha flashes de tudo. Estava em processo de reabilitação do corpo e da mente – lembrou a lutadora.

Desde 2015, a Sou do Esporte é a única instituição da America Latina que realiza um prêmio dedicado à governança das instituições esportivas e, desde 2016, foi integrada ao grupo da Play The Game, organização dinamarquesa que combate a corrupção no esporte na Europa, com a participação de mais de 20 países.

Neste ano, a entidade disponibilizou 50 ingressos para o público assistir à premiação. A renda será revertida para atividades da Sou do Esporte.

O IV Prêmio Sou do Esporte conta com o patrocínio do SporTV, Demarest Advogados, Estácio e Rio Open. Tem como apoiadores institucionais o Comitê Olímpico do Brasil, Universidade Federal do Paraná, Inteligência Esportiva e Play The Game; e como parceiros, a Associação Comercial do Rio de Janeiro, Associação Brasileira de Gestão do Esporte, Instituto Compliance Rio, Squad 360, Sport 360, Agência de Atletas e Rio Convention&Visitors Bureau.