(Foto: Dave Mandel)

Com 14 vitórias, Virna Jandiroba está invicta no MMA e fará sua estreia no UFC ainda em abril (Foto: Dave Mandel)

TATAME
05/04/2019
13:25
Rio de Janeiro (RJ)

Por Mateus Machado

Uma lesão de Livinha Souza abriu caminho para uma brasileira que, há tempos, já merecia uma chance no UFC. Trata-se de Virna Jandiroba, que substituirá a compatriota e vai enfrentar a ex-campeã peso-palha Carla Esparza no card do UFC Fort Lauderdale, marcado para o dia 27 de abril, na Flórida (EUA).

Invicta no MMA, com 14 vitórias conquistadas, a "Carcará" é campeã peso-palha do Invicta FC e era, até então, considerada a melhor atleta da categoria a não estar no Ultimate ainda. Feliz com a oportunidade, mesmo com o pouco tempo de preparação que terá pela frente, a baiana falou sobre o acerto com a franquia e elogiou sua adversária, que apesar de vir de duas derrotas consecutivas, foi a primeira campeã dos palhas na história do UFC.

- A gente soube agora, praticamente 20 dias antes da luta, mas eu já estava treinando e com possibilidade de lutar em junho, o que muda é mais a questão da adversária. O convite para lutar no UFC veio da forma como imaginávamos que viria, que poderia vir a qualquer momento para suprir alguma outra luta, e veio também como a gente imaginava na questão de ser contra uma lutadora ranqueada. Estamos muito feliz por, já na estreia, enfrentar uma atleta ranqueada, no Top 10, é ex-campeã, então vai ser uma excelente luta. A Carla Esparza é grappler, assim como eu, e eu já conhecia o estilo dela antes mesmo de marcarem o combate. É uma ótima oportunidade para me testar e mostrar meu potencial ao UFC, porque é uma atleta muito dura e que vai exigir o máximo de mim - disse Virna, em entrevista exclusiva à TATAME.

O fato de enfrentar uma ex-campeã em sua estreia indica claramente que a organização vê potencial na brasileira, que de seus 14 triunfos, venceu 11 deles por finalização. Ao ser questionada sobre o fato do UFC "enxergar" um bom valor em sua contratação, Jandiroba brincou com a situação e afirmou ter grandes ambições visando sua trajetória na companhia.

- Eu acho ótimo que eles me vejam dessa maneira, acho muito benéfico, e concordo com eles também (risos). Eu me vejo com muito potencial e estamos tendo nossa oportunidade no momento certo. Lógico que eu quero ganhar luta por luta, com calma, primeiro estou pensando nessa estreia. Mas, com certeza, nós temos grandes ambições dentro do UFC - finalizou.

Quer ficar por dentro do mundo da luta? Clique e acesse o site da TATAME!