Carlos Bandeira de Mello
27/08/2019
23:29
São Paulo (SP)

Emoção até o fim! O Palmeiras lutou os 180 minutos, mas quem se classificou à semifinal da Copa Libertadores foi o Grêmio. De virada, o Tricolor venceu o Verdão por 2 a 1 pela segunda partida das quartas de final da competição, no Pacaembu, em São Paulo. Os donos da casa abriram o placar com Luiz Adriano, porém Everton e Allison reverteram a situação. O primeiro jogo acabou 1 a 0 para os paulistas, em Porto Alegre.  

Com o resultado, o time de Felipão deixou de ir à oitava semi de Libertadores em sua história (1961, 1968, 1971, 1999, 2000, 2001, 2018). Do outro lado, além de avançar à próxima fase, a equipe de Renato Gaúcho bateu mais uma marca. O Tricolor venceu pela primeira vez o Palmeiras no Pacaembu. O adversário vai sair do confronto entre Flamengo e Internacional, que acontece nesta quarta. 

Agora, os times voltam as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O Verdão enfrenta o Fla no domingo, às 16h, no Maracanã. No dia anterior, no sábado, o Grêmio visita o São Paulo, às 11h, no Morumbi. 

-> VEJA OS CONFRONTOS E SIMULE OS JOGOS DA LIBERTADORES

AÇÃO E REAÇÃO 
O início de partida foi com as características da Libertadores: muita emoção. Junto de sua torcida, o Palmeiras conseguiu uma supremacia inicial sobre o Grêmio. Tanto que abriu o placar. Luiz Adriano aproveitou o erro do goleiro Paulo Victor, dominou e fez o primeiro dele pelo clube. No entanto, como acontece na física, tudo tem uma reação. Em menos de cinco minutos, Everton recebeu cruzamento de Jean Pyerre e chutou por cima de Weverton. O Verdão se destabilizou, e o Tricolor apertou. Logo em seguida, em jogada individual de Cebolinha, a zaga afastou e a bola sobrou para Allison, que fez o gol da virada. 

FALTOU CAPRICHO 
Depois da virada rápida da equipe gaúcha, os paulistas tentaram retomar o ímpeto dos primeiros 10 minutos. Só faltou o gol, porque teve melhora. Houve duas chances com o atacante Willian. Na primeira, o camisa 11 colocou a bola na trave. Na sequência, Paulo Victor saiu mal, e, no chutou no susto, o jogador palmeirense chutou. A bola passou rente à trave. O Grêmio, por sua vez, pouco arriscou e explorou mais os lançamentos, sem êxito. Ao fim, os torcedores demostraram esperança e cantaram bem alto.   

ESTRATÉGIAS À PROVA 
Na volta dos vestiários, os times ficaram bem desenhados - o que aguardaria os estilos em campo. O Palmeiras, atrás do placar, pressionou e ficou mais tempo no setor ofensivo. Contudo, o meio-campo da equipe alviverde faltava mais criatividade. No fim, foi na base do 'abafa' para reverter o placar. Enquanto isso, o Grêmio buscou os contra-ataques. Defensivamente, o time era soberano. O zagueiro Geromel a maioria das divididas. No fim, o árbitro analisou junto ao VAR possível toque de mão na área do Grêmio, mas partida seguiu. Com isso, o Tricolor pôde comemorar a classificação suada.    

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1x2 GRÊMIO

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 27/8/2019, às 21h30
Árbitro: Nestor Pitana (ARG) - Nota LANCE!: 6,5 - experiente na competição, o árbitro fez uma partida segura com marcações corretas. 
Assistentes: Hernan Maidana (ARG) e Ezequiel Brailovsky (ARG)
VAR: Daniel Fedorczuk (URU)
Assistentes VAR: Alexis Herrera (VEN) e Nicolas Tarán (URU)
Gramado: Bom
Público/Renda: 34.541 pagantes / R$ 1.847.047,50 
Cartão Amarelo: Marcos Rocha (PAL), Maicon, Matheus Henrique, Jean Pyerre, Allison, Pepê, Geromel (GRE)
Cartão Vermelho: - 

GOLS: Luiz Adriano (13'/1ºT); Everton (17'/1ºT); Allison (21'/1ºT)

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique (Raphael Veiga; 28'/2ºT) e Gustavo Scarpa (Zé Rafael; 19'/2ºT); Dudu, Willian (Deyverson; intervalo) e Luiz Adriano. Técnico: Luiz Felipe Scolari

GRÊMIO 
Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon (Romulo; 29'/1ºT), Matheus Henrique, Alisson (Diego Tardelli; 36'/2ºT), Jean Pyerre, Everton; André (Pepê; 18'/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.