lance biz logo

Lance! Biz

twitter logo
twitter logo
twitter logo
twitter logo

O plano radical da Uefa que pode revolucionar negócios do futebol

Entidade estuda estabelecer limite para transferências e salários de jogadores

image_placeholder-1-aspect-ratio-512-320

Uefa estuda estabelecer teto de gastos no futebol europeu (Foto: Divulgação)

Lance! - 02/06/2023 - 12:50

Lance! - 02/06/2023 - 12:50

A Uefa, órgão regulador do futebol europeu, quer estabelecer um teto de gastos em salários e transferências de jogadores para os clubes do Velho Continente.

Destaques:

- Plano está sendo discutido internamente e pode revolucionar negócios do futebol mundial.

- Objetivo é frear domínio de clubes da Premier League no mercado e garantir o equilíbrio competitivo na Europa.

- Medida é comum em ligas norte-americanas, como NBA e NFL, por exemplo.

Contexto:

Segundo o jornal inglês 'The Times', a Uefa montou um grupo de trabalho para estudar profundamente o tema. Valores ainda não foram discutidos, mas sabe-se que o possível teto de gastos complementaria os regulamentos de sustentabilidade financeira (sucessor do Fair Play Financeiro), que limita as despesas operacionais dos clubes a uma porcentagem das suas receitas anuais.

A ideia é aliar a estabilidade financeira com o equilíbrio competitivo no continente. Como os clubes ingleses têm receitas maiores, em média, existe o temor de que eles possam se tornar ainda mais dominantes financeiramente sem um limite de gastos com transferências e salários.

Os números comprovam esta preocupação. A Premier League tem, por exemplo, 15 dos 20 clubes com maiores faturamentos do futebol mundial e dez dos 15 times que mais gastaram com contratações nos últimos cinco anos. Confira os detalhes abaixo:

Próximos passos:

A implementação de um teto de gastos dependeria da aprovação da União Europeia, além de um acordo com a Associação Europeia de Clubes, das Ligas Europeias e o sindicato de jogadores FIFPRO.

Um impasse para este projeto pode ser a Associação de Futebolistas Profissionais. Presidente-executivo da entidade, Maheta Molango disse no mês passado que os jogadores "ficariam zangados com razão" com qualquer movimento em direção a um teto salarial.

Aleksander Ceferin reeleito na Uefa

Aleksander Ceferin é o atual presidente da Uefa (Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP)

Teto de gastos em outros esportes:

O limite de despesas com salários é comum nos esportes dos Estados Unidos. Cada liga estabelece o teto salarial para as franquias e atualiza os valores a cada temporada. Entre as cinco ligas principais, a única que não tem um teto é a MLB, de baseball.

Compartilhetwitter logofacebook logowhatsapp logo
share logo

Relacionados