twitter logo
twitter logo
twitter logo
twitter logo

Endrick vende NFT da primeira camisa como profissional do Palmeiras por R$ 30 mil

Promessa de 16 anos entrou no mercado dos criptoativos e lucra com venda de itens digitais<br>

Endrick - Palmeiras x Coritiba

Endrick estreou como profissional do Palmeiras contra o Coritiba (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Lance! - 23/12/2022 - 08:53

Lance! - 23/12/2022 - 08:53

Principal promessa do futebol brasileiro, Endrick está presente no mundo dos criptoativos. Recentemente, inclusive, o jovem de 16 anos vendeu seu primeiro NFT (token não fungível) pelo valor de R$ 30 mil, em um leilão. Vale destacar que o item colecionável garante acesso à camisa usada pelo atleta na estreia como profissional do Palmeiras.

O torcedor que venceu o leilão ganhou uma figurinha digital autografada por Endrick e poderá retirar a versão física da camisa daqui a 12 meses. Enquanto isso, a peça ficará guardada em um cofre. A ideia, ao transformar a camisa em um NFT, é facilitar a comprovação de autenticidade do item no futuro.

- Após ela ser transformada em um NFT, é possível saber quem foram todos os donos desde sua origem. Por conta disso, é possível saber se aquele ativo que está sendo adquirido é autêntico. Creio que esse processo irá facilitar a transferência de artigos históricos, porque será possível vender o item sem ter que transportá-lo para outro local - relatou Bruno Pessoa, CEO da Rough Diamonds, empresa que organizou o leilão.

A joia de 16 anos estreou como profissional na goleada de 4 a 0 do Palmeiras sobre o Coritiba, em 6 de outubro, e se tornou o jogador mais jovem a atuar pelo Verdão em toda a história. Neste mês, ele foi vendido para o Real Madrid pelo valor total de 72 milhões de euros e irá se transferir em julho de 2024, quando completar 18 anos.

Como funciona o NFT do Endrick?

Além do leilão da camisa, a Rough Diamonds lançou 101 modelos diferentes de NFTs de Endrick. Os itens são divididos em três níveis de raridade (lendário, épico e raro), sendo todos eles registrados com tecnologia blockchain. Os compradores obtêm a assinatura do item digital e uma série de benefícios, que dependem do acúmulo de pontos e variam de acordo com o desempenho do jogador em campo.

Nível Lendário: apenas dois itens, sendo um deles de propriedade do jogador.
Nível Épico: 29 itens
Nível Raro: 70 itens

Endrick - Palmeiras x Fortaleza

Endrick em ação pelo Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Seleção de promessas com NFTs

Endrick faz parte do grupo de 11 jovens jogadores com contrato com a Rough Diamonds. A empresa tem a licença para produzir ativos digitais das promessas e quer revolucionar a forma de colecionar itens esportivos por meio de NFTs. A escolha de atletas pela Rough Diamonds foi feita com scouts profissionais e buscou jovens atletas que devem estar na Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2030.

Além de Endrick, fazem parte do grupo: Matheus França (Flamengo), Luis Guilherme Lira (Palmeiras), Mateus Gonçalves (Flamengo), Weslley Patati (Santos), João Cruz (Athletico), Luiz Gustavo (Corinthians), Felipe Lima (Flamengo), Bernardo Vallim (Botafogo), Ythallo Rycklem (São Paulo) e Matheus Lima (Santos).

Compartilhetwitter logofacebook logowhatsapp logo
share logo

Relacionados