Wellington Silva (Internacional)

Reprodução Twitter / Internacional

Futebol Latino
01/11/2019
14:56
Porto Alegre (RS)

O atacante Wellington Silva, do Internacional, completou 50 jogos com a camisa do clube gaúcho nesta quinta-feira (31) diante do Athletico Paranaense no empate em 1 a 1 que valeu pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Comentando sobre o feito, Wellington se disse feliz apenas em parte já que o resultado da partida número 50 não foi o desejado ainda mais pensando na briga por uma das vagas rumo a Libertadores 2020:

- É um número legal de alcançar por um clube do tamanho do Internacional. Fica a lamentação por completar 50 partidas com um empate no Beira Rio, principalmente, quando estávamos perto da vitória.

Dos 50 jogos, 33 foram este ano e 17 ocorreram na temporada passada. O que mostra um crescimento do jogador dentro do clube de um ano para o outro. Com contrato de empréstimo até o meio de 2020, Wellington espera mais oportunidades, sempre respeitando a decisão da comissão técnica:

- Vou continuar buscando as oportunidades sempre respeitando a decisão do treinador. O importante é estar pronto para quando ser requisitado estar bem para dar o melhor dentro de campo. Empenho da minha parte nunca vai faltar.

Apesar de compreender as manifestações de protestos e vaias que vieram das arquibancadas do Beira-Rio após o apito final que decretou a igualdade, o atacante entende que a hora é de focar todas as energias no clássico contra o Grêmio do próximo domingo (3). Partida essa, aliás, potencializada em importância por ser um duelo direto na parte alta da tabela.

- Entendo a chateação do torcedor, mas seguimos vivos por uma das vaga para Libertadores. Fim de semana já tem um GreNal, que além de ser contra o maior rival, briga conosco diretamente por uma das vagas. Não temos tempo para lamentar - concluiu.