Renato Gaúcho

Divulgação/Lucas Uebel/Grêmio

LANCE!
13/09/2020
19:34
Futebol Latino

O fim de semana termina de maneira amarga para o Grêmio. Neste domingo, o Tricolor recebeu o Fortaleza e, apesar do bom volume de jogo, a equipe apenas empatou por 1 a 1.

Na coletiva de imprensa, o técnico Renato Gaúcho preferiu não fazer críticas ao time. O entendimento é que faltou capricho na hora de concluir as jogadas.

‘Estaria preocupado se o Grêmio não criasse e ele criou. Sempre enfrentamos equipes que jogam muito fechadas e por uma bola. No futebol, é mais fácil destruir do que construir. Então, é muito difícil, especialmente, quando você sai atrás. Tomamos um gol muito bobo. Não criamos tantos quanto nos outros jogos, mas criamos. Está faltando um pouco de tranquilidade na hora de fazer o gol’, declarou.

Cavani

Outro tema debatido na coletiva foi o possível interesse em Cavani. Sincero, o treinador pediu ao torcedor que ele não sonhasse com a chegada do uruguaio.

‘Estaria preocupado se o Grêmio não criasse e ele criou. Sempre enfrentamos equipes que jogam muito fechadas e por uma bola. No futebol, é mais fácil destruir do que construir. Então, é muito difícil, especialmente, quando você sai atrás. Tomamos um gol muito bobo. Não criamos tantos quanto nos outros jogos, mas criamos. Está faltando um pouco de tranquilidade na hora de fazer o gol’, concluiu.