Maicon - Grêmio

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Futebol Latino
29/11/2019
15:55
Porto Alegre (RS)

Tendo passado por uma temporada bastante marcada por contusões, o meio-campista Maicon informou em entrevista coletiva dessa sexta-feira (29) que passará por uma cirurgia no seu joelho esquerdo em janeiro do próximo ano conhecida como artroscopia. A previsão, segundo ele, é de ficar um mês e meio fora da lista de atletas disponíveis.

Apesar da necessidade da intervenção, ele não deve ser problema para o técnico Renato Portaluppi pensando no confronto direto por vaga nos grupos da Libertadores do próximo domingo (1) recebendo na Arena justamente o ex-clube de Maicon, o São Paulo:

- É coisa de um mês, um mês e meio para que eu possa ficar bem e jogar. Sem o problema, se eu ficar bem do joelho, vou poder me preparar melhor e aguentar jogar um jogo inteiro. Esta é a única coisa que tem me atrapalhado. É uma final para nós. Tornou-se nosso objetivo. Conquistar a melhor posição possível significa também mais dinheiro para o clube

O comumente capitão da equipe quando está dentro de campo falou sobre a importância de manter o atacante Diego Tardelli no plantel além de mencionar que o mesmo demonstrou arrependimento mediante a expulsão da derrota para o Athletico-PR na última rodada do Brasileirão.

- O Tardelli é um grande cara, trabalhador, parceiro e craque de bola. Se ele vai permanecer, é coisa dele com a diretoria. Agora vêm as férias, o Tardelli vai pensar bem com a família, e eles decidirão o que é melhor. Nós queremos que ele siga conosco, porque sabemos das qualidades dele, que já foram demonstradas em vários clubes no Brasil. Ele sabe que errou e pediu desculpas para o grupo na hora da oração. Vai ficar fora desta partida contra o São Paulo, mas ainda há dois jogos pela frente para ele jogar e nos ajudar, como vem ajudando. Todo mundo já errou. Não podemos dizer, de maneira alguma, que perdemos o jogo por culpa do Tardelli. Ele já sabe o que aconteceu, temos que seguir.