Atletico GO x Grêmio

Grêmio perdeu para o Atlético-GO - Bruno Corsino-ACG

Fabio Chiorino e Rodrigo Borges
26/10/2021
07:00
São Paulo (SP)

Quatorze derrotas. Só a Chapecoense perdeu mais que o Grêmio até agora no Brasileiro. Ainda que tenha dois jogos a menos, o Tricolor parece não ter força para sair do buraco da zona de rebaixamento, a qual ocupa desde a primeira rodada.


Na noite de ontem, estava melhor que o Atlético-GO, desperdiçou chances e sofreu o gol no fim do primeiro tempo. Na segunda etapa, pênalti expulsão e desmoronou de vez. 

O Grêmio orbita um universo bastante comum aos grandes clubes em crise: simplesmente nada dá certo. O elenco tem qualidade suficiente para ocupar posição melhor, mas, desde a saída de Renato Portaluppi, o time não deu mais liga, nem conseguiu se manter minimamente competitivo.

As tentativas pelos extremos, primeiro com Tiago Nunes e depois com Felipão, desembocou agora em Vagner Mancini, que vinha fazendo campanha decente com o América-MG, mas que não pode emprestar nada além de pragmatismo para tentar tirar o clube desta situação tão crítica.

O Grêmio de Rafinha, Kannemann, Diego Souza, Diego Costa e Ferreirinha entra quase todo jogo nervoso, com o semblante da derrota, esperando que o imponderável impeça o pior. E as rodadas vão passando, roendo os calcanhares, e a hora da virada parece cada vez mais uma miragem.

>Confira a classificação atualizada do Brasileiro

Para evitar o terceiro rebaixamento de sua história, o Grêmio não precisa de mais uma troca aleatória de técnico. São os jogadores que precisam assumir a missão e evitar mais uma mancha na história do clube. A bola e a cobrança só estão com eles agora. Já passou da hora de agir.

O LANCE! Espresso é uma newsletter gratuita que chega de manhã ao seu e-mail, de segunda a sexta. A marca registrada do jornalismo do LANCE!, com análises de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e inscreva-se.