Futebol Latino
07/08/2020
15:08
Porto Alegre (RS)

Nessa sexta-feira (7), o Grêmio deixou de contar com duas peças que poderiam ser utilizadas em determinado momento pelo técnico Renato Portaluppi por motivos distintos: o goleiro Phelipe Megiolaro e o centroavante André.

Enquanto o primeiro dos citados terá a oportunidade de respirar novos ares e ganhar mais rodagem profissional sendo emprestado ao FC Dallas, time da Major League Soccer (MLS), o avante rescindiu seu acordo com o Tricolor e está livre para acertar com outra equipe.

Nesse momento, o elenco do técnico Renato Portaluppi tem três nomes mais experientes no plantel para a posição de goleiro (Vanderlei, Paulo Victor e Júlio César) além dos jovens Brenno e Vinícius, elementos que diminuíam bastante as possibilidades de Megiolaro conseguir ter mais minutos. Mesmo considerando o fato de que ele é visto de maneira promissora pela diretoria gremista, tendo vínculo com duração até 2022.

Já a situação de André era bem mais complicada há algum tempo devido a pouca produtividade do centroavante. Os 11 gols em 75 partidas bem como desempenhos discretos no sentido tático e de colaboração no estilo de jogo mais móvel fizeram com que a passagem de André se tornasse decepcionante e "cara" já que, para tirá-lo do Sport em 2018, o clube investiu R$ 10 milhões.