2008 - Ipatinga: 4º colocado na Série B de 2007 e terminou na 20ª posição na Série A

O Ipatinga pode não ter sequência como clube profissional (Paulo Sergio/Lance!press)

Valinor Conteúdo
21/04/2022
18:26
Belo Horizonte

A uma semana para o início da segunda divisão do Campeonato Mineiro, o Ipatinga não sabe se poderá disputar a competição. Sem recursos financeiros, o clube atravessa uma grave crise e trabalha até com a radical possibilidade de encerrar as atividades. A informação foi divulgada inicialmente pelo portal Plox e confirmada pelo L!.

>>> Fred se isola no topo: saiba quais são os maiores artilheiros da história da Copa do Brasil

O presidente do Ipatinga, Nicanor Pires, afirmou, em entrevista ao site 'Superesportes', que o clube tem um acordo com um empresário colombiano, Raúl Cardona, para bancar os salários de despesas. Até o momento, nenhum aporte foi feito. Cardona é empresário de atletas como Copete e Cantillo e faz parte de uma empresa chamada Elite Football, fundada em 2010, com escritórios na Colômbia e bom trânsito no futebol brasileiro.

O Ipatinga terá de correr contra o tempo ou até mesmo abrir mão da segundona mineira: até agora, os 26 atletas para a disputa do Módulo não estão registrados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. A estreia no Módulo II está marcada para a próxima quarta-feira, às 19h30, contra o Tupi, no Ipatingão.

O elenco não quer assinar contrato sem ter garantidas de pagamentos de salários, que estão atrasados. Com a incerteza das promessas feitas por Cardona, o técnico Gustavo Brancão pediu demissão. Para seu lugar, foi contratado Jorge Castilho.

Caso o clube desista de vez da competição, o Ipatinga será automaticamente rebaixado à terceira divisão. Além da queda, poderá receber uma multa de R$ 200 mil e ser suspenso por dois anos de todas as competições chanceladas pela Diretoria de Competições (DOC) da Federação Mineira de Futebol (FMF).

ipatinga campeão mineiro 2005
O Ipatinga foi campeão mineiro em 2005 (Foto Andre Brant/Agencia Lancepress)

O CURTO PERÍODO DE GLÓRIAS
Cube do interior de Minas com sede no Vale do Aço, o Ipatinga surgiu como uma força do futebol no Estado, com apoios fortes, como da Usiminas, uma das maiores siderúrgicas da América do Sul, o que proporcionou voos altos.

O Tigre conseguiu resultados expressivos, como o título do Campeonato Mineiro de 2005 em cima do Cruzeiro, no Mineirão, chegou às semifinais da Copa do Brasil de 2006 e conseguiu estar na elite do futebol Brasileiro na primeira década dos anos 2000. Tudo indicava que o Ipatinga estava consolidado.

Ledo engano. Após cair para a Série B do Brasileiro em 2008, o Ipatinga iniciou uma sequência de quedas, desmandos e saídas polêmicas de dirigentes, como Itair Machado, que era o líder do projeto que tinha chamado atenção dos torcedores em todo o Brasil.