Bola Brasileirão

Grupo 'é aberto, sem sócios fundadores, em que todos os participantes terão voz', diz comunicado  (Lucas Figueiredo/CBF

LANCE!
16/02/2022
20:23
Rio de Janeiro (RJ)

Dez clubes da Série A do Brasileirão anunciaram nesta quarta-feira (16) a criação do grupo "Forte Futebol". O intuito é que todos os envolvidos analisem e respondam, de forma uníssona, a assuntos voltados para os rumos do futebol brasileiro.

O grupo "é aberto, sem sócios fundadores, em que todos os participantes terão voz". Até o momento, houve a adesão de América-MG, Atlético-GO, Athletico-PR, Avaí, Ceará, Coritiba, Cuiabá, Fortaleza, Fortaleza, Goiás e Juventude. Porém, segundo o grupo, mais clubes podem entrar.

Segundo a nota de criação do Forte Futebol, a ideia é aproveitar as novas oportunidades que estão surgindo para o futebol brasileiro, como investimentos e interessados em gerir uma liga com os clubes do país.

- Com as novas possibilidades de investimentos, tanto nos clubes brasileiros como também nas competições, têm surgido interessados no mercado dispostos a gerir e administrar uma Liga de Clubes no país. Um assunto que nós já vínhamos há alguns anos trazendo ao debate e buscando a adesão de todos. Como nunca tivemos uma instituição de classe forte e unificada, não foi possível. Agora temos um novo cenário, e novos e velhos "atores" querendo entrar em cena. Grupos, empresas, brokers e outros. Mas para se construir algo sólido, é preciso conhecer melhor o terreno. Quanto mais informação, melhor. Os clubes brasileiros, que são os principais interessados em participar de uma liga forte, devem se unir - disse.

Veja abaixo nota do Forte Futebol:

O objetivo do grupo de trabalho é ter know-how de análise e comparar as propostas da mesa com os modelos existentes no mundo. Além disto, frisa o desejo de aumentar o poder de voz dos clubes. Há expectativa de adesão mais equipes.