Sereias da Vila, time feminino do Santos

Santos pode chegar ao tricampeonato das Américas neste domingo (Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

LANCE!
02/12/2018
09:00
Manaus (AM)

Chegou a hora! Neste domingo, às 21h30 (horário de Brasília), Santos e Huila entram em campo na Arena da Amazônia e definem quem será o novo campeão da edição feminina da Libertadores. As Sereias da Vila vão em busca do tri após as conquistas em 2009 e 2010; as colombianas, por sua vez, chegam à primeira final e querem fazer história.

Se triunfar, o Santos irá igualar o São José como maior campeão do torneio continental, com três troféus. Às vésperas do confronto, a treinadora Emily Lima mostrou que está a par dos pontos fortes e fracos das adversárias.

- Coincidentemente, o Huila ficou no mesmo hotel que nós durante a competição e criamos um respeito pela equipe. Porém, agora é final e as amizades feitas ficam de lado. Já estudamos bastante elas desde o começo do torneio. É um time bem organizada e chegou com muitos méritos - disse.

O respeito pelas rivais prevalece, mas a treinadora não esconde a confiança em seu plantel. Embaladas, as Sereias da Vila chegam à decisão com a melhor campanha da Libertadores, com 100% de aproveitamento em cinco jogos e 16 gols marcados.

- A cada jogo estamos mostrando o quão forte é o Santos. Estou valorizando bastante o trabalho feito desde o início do ano, com planejamento. Sinto que a nossa equipe está muito madura atualmente e pronta para encarar todas as adversidades, como aconteceu na semifinal diante do Colo-Colo - finalizou.

Em 2018, as Sereias da Vila conquistaram o Paulista feminino, mas não tiveram tanto sucesso no Campeonato Brasileiro, em que caíram nas quartas de final para a Ferroviária. O caneco da Libertadores é o que Emily Lima reivindica para definir "o ano perfeito".

Fundado em 2016, o time de mulheres do Atlético Huila colhe frutos em pouco tempo de trabalho. Logo em sua primeira participação na Libertadores, as comandadas de Vigilio Puerto podem levar um título continental inédito ao futebol feminino da Colômbia. Em 2018, Las Opitas já foram campeãs da Liga Profissional Feminina.

A bola rola para Santos e Huila a partir das 21h30 (horário de Brasília). Na partida preliminar, às 19h (horário de Brasília), Iranduba e Colo-Colo brigam pela medalha de bronze da disputa.