Taça Copa do Mundo

Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai querem sediar a Copa de 2030 (Foto: Fabrice Coffrini / AFP)

LANCE!
16/06/2022
18:59
Rio de Janeiro (RJ)

As autoridades de Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai relançaram a candidatura para sediar a Copa do Mundo de 2030. O encontro dos representantes dos países foi presidido pelo vice-presidente do Paraguai, Hugo Velázquez, em Assunção.

>>> Saiba os clubes do Brasil com mais sócios-torcedores


O representante paraguaio disse que será formada uma mesa de trabalho no Uruguai em menos de um mês para estabelecer um calendário com ações para promover a candidatura do quarteto. Para Velázquez, os quatro países não podem concorrer com potências econômicas.

- O que se quer é recorrer à história e, sobretudo, ao que o futebol representa para esta parte do continente, aos efeitos para que o torneio seja disputado em Paraguai, Chile, Argentina e Uruguai. Queremos lembrar que a primeira Copa do Mundo foi na América do Sul (no Uruguai, em 1930), o continente que exporta os melhores jogadores do mundo - disse.

Hugo Velázquez ainda disse que os quatro países terão a obrigação de estabelecer as obras de infraestrutura, que servirão como legado para o futebol após a realização do torneio e que o Banco de Desenvolvimento da América Latina se ofereceu para financiar as construções.

+ Daniel Alves fica sem clube: veja 20 nomes com passagem pela Seleção que estão no mercado

O Uruguai foi o primeiro dos quatro países a querer sediar o Mundial, justamente 100 anos depois de sediar a primeira Copa do Mundo da história. Com poucos recursos financeiros, o país recorreu à Argentina para realizar uma candidatura conjunta. Em 2017, o Paraguai se juntou à dupla rio-platense, e o Chile formou o quarteto em 2019. No entanto, as trocas de governo e a pandemia fizeram com que a candidatura fosse paralisada.

+ Veja e simule a tabela da Copa do Mundo de 2022 

​Portugal e Espanha também devem formar uma candidatura dupla e um bloco formado por Bulgária, Romênia, Grécia e Sérvia também chegou a lançar candidatura. A China também se movimenta para receber a Copa de 2030. O anúncio da sede deve ser feito no fim do ano, no Qatar.