Dínamo de Kiev x Barcelona - Ansu Fati

Ansu Fati e Dembélé são nomes chaves para o Barcelona de Xavi (Foto: SERGEI SUPINSKY / AFP)

LANCE!
09/12/2021
11:08
Barcelona (ESP)

Após a eliminação da Champions League, o Barcelona deve se concentrar nas disputas do Campeonato Espanhol e da Liga Europa. O "Mundo Deportivo" traçou um cenário em que Xavi, comandante culé, poderá contar com "reforços" de jogadores chaves, mas que não estão atuando neste momento, como Ansu Fati, Pedri e Daniel Alves.

SEM PODER DE FOGO
O ataque do Barcelona tem se mostrado ineficiente e na Liga dos Campeões, por exemplo, anotou apenas dois gols em seis partidas e terminou como o 3º pior da fase de grupos, atrás apenas do Malmo e do Dínamo Kiev. E o clube sofre com diversas lesões nesse setor.

> Veja a tabela da La Liga

Ansu Fati, a maior promessa da Catalunha e sucessor de Messi com a camisa 10, teve um início de temporada excelente após quase um ano parado por conta de diversas cirurgias no joelho. Em oito partidas, o atleta marcou quatro gols, mas está afastado desde novembro por conta de problemas musculares.

Por outro lado, Dembélé começou a temporada afastado também por conta de um problema no joelho que obteve na Eurocopa e retornou aos gramados apenas em novembro. Na derrota contra o Bayern de Munique por 3 a 0, o camisa sete fez seu primeiro jogo como titular.

É visível que falta ao francês mais ritmo de jogo e o atleta ainda tem mais três confrontos pelo Campeonato Espanhol ainda em 2021 e a expectativa é que o jogador consiga voltar a plenitude física e consiga ser o extremo que se espera de Dembélé desde a sua contratação.

Sem a mesma importância que os nomes anteriores, mas o Barcelona também poderá contar com a volta de Martin Braithwaite, que ocupa o posto de reserva de Memphis Depay, mas é uma peça que compõe o elenco e que está machucado. Na atual temporada, o dinamarquês tem dois gols em três jogos disputados.

REFORÇOS EM OUTROS SETORES
Pedri, eleito o melhor jogador jovem da última temporada pela "France Football" e "TuttoSport", também é peça chave no meio de campo para fazer a ligação entre a defesa e o ataque. O jovem de 19 anos participou de 52 partidas na última temporada, atuou na Eurocopa e nos Jogos Olímpicos, mas vem pagando o preço por conta do ritmo intenso de confrontos.

Outro nome muito aguardado pela torcida culé é o de Daniel Alves. O Barcelona não consegue ter segurança com Sergiño Dest na lateral-direita e em diversas ocasiões improvisou Mingueza, zagueiro de origem, na ala destra. O brasileiro, que já foi apresentado, mas só pode jogar a partir de janeiro, é ídolo, tem boa relação com Xavi e deve possuir um grau de liderança no plantel.

VAI TER CONTRATAÇÃO?
Além dos reforços que já estão no clube, mas que por alguma razão não estão podendo atuar ou voltando a pega ritmo de jogo, os blaugranas também estão atentos ao mercado. O atacante Ferran Torres, do Manchester City, é o principal alvo da equipe para a janela de transferências de janeiro. O nome de Dani Olmo também já foi citado.

Devido a eliminação da Champions League, Xavi deve ter menos pressão no comando do Barcelona, mas muitas responsabilidades. Irregular em La Liga, o clube tem a intenção de se colocar no G-4 para garantir a participação na próxima Liga dos Campeões e tem condições de disputar os títulos da Liga Europa e Copa do Rei.