Corinthians - Libertadores-2013: caiu nas oitavas para o Boca Juniors (ARG)

Em 2013, Timão caiu para Boca Juniors em jogo que gerou polêmica (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

LANCE!
16/02/2021
12:22
São Paulo (SP)

O ex-atacante Emerson Sheik relembrou um jogo polêmico, nesta segunda-feira, durante o programa "Arena SBT". Ao ser questionado sobre a eliminação do Corinthians na Libertadores 2013, o ex-Timão recordou o juiz Carlos Amarilla e contou que não precisaria de VAR em alguns lances que não foram marcados: "Queria um cara honesto".

+ Confira a tabela do Brasileirão e simule os jogos finais

- Sinceramente, não gostaria do VAR. Eu não gostaria que o VAR estivesse naquele jogo, mas gostaria que tivesse um profissional correto, capacitado e honesto. Foi o que não aconteceu com ele. Depois a Conmbeol descobriu conversas dele sendo vendido. Não precisávamos do VAR, mas de um profissional e acima de tudo honesto. Amarilla tirou a possibilidade de o Corinthians ganhar mais uma Libertadores - comentou Sheik.

A pergunta polêmica feita pela jornalista Fernanda Colombo foi levada em tom de brincadeira pelos companheiros de bancada. Benja foi o primeiro a sair gritando, dizendo que Sheik havia "sentido" a força da pergunta. Após a resposta, o apresentador do SBT foi bem-humorado ao comentar que o ex-artilheiro "bagunçou" a jornalista.

RELEMBRE

O jogo terminou em 1 a 0, no Pacaembu. A torcida alvinegra reclama que dois lances de penalidade não foram marcados, o que teria mudado o rumo da partida. Com a derrota, o então campeão da Libertadores em 2012 caiu precocemente na fase de oitavas de final da competição. E os torcedores recebem a confirmação sobre os erros.

Em 2015, o árbitro paraguaio ex-Copa do Mundo foi punido e afastado por investigações apontarem que ele teria prejudicado o time brasileiro ao manter ligações com a Associação de Futebol Argentino.