Elusmar Maggi, torcedor do Inter que doou R$1 milhão ao Colorado

Elusmar Maggi (esquerda), 'mecenas dos colorados', em jogo do Internacional pela Libertadores de 2019 (Foto: Divulgação)

LANCE!
19/02/2021
19:24
Porto Alegre (RS)

O empresário Elusmar Maggi Scheffer ficou conhecido nesta sexta-feira pelo mundo do futebol após fazer uma doação de R$ 1 milhão para o Internacional que deve ser utilizada pelo clube para pagar a multa do lateral Rodinei, para que ele possa atuar contra o Flamengo. Maggi é empresário rural no Mato Grosso e é irmão de Eraí Maggi, o "rei da soja" e primo de Blairo Maggi, ex-governador do estado. 

> Confira a classificação atualizada da reta final do Brasileirão 2020 e simule os resultados do seu time

Elusmar Maggi e seu irmão Eraí são sócios do "Grupo Bom Futuro". Seu primo Blairo Maggi foi governador do Mato Grosso e ministro da Agricultura do Governo Michel Temer. Em 2014, a família Maggi foi considerada a sétima mais rica do Brasil pela revista Forbes, com uma fortuna estimada em R$ 4,9 bilhões.

Os Maggi tem uma das maiores produções de soja do mundo, o que explica a riqueza da família e o apelido de Eraí de "rei da soja". Esta doação, contudo, não foi a primeira aventura de Elusmar no esporte. O "Grupo Bom Futuro" cedeu um terreno em Cuiabá para a construção de um autódromo internacional. A empresa também arcará com os custos da construção. 

Em 2019, Elusmar Maggi entregou o troféu de melhor jogador ao atacante Nico López depois da partida entre Internacional e Nacional (URU) pela Libertadores daquele ano.