Jardel com sua chuteira de ouro

Jardel conseguiu recuperar seus prêmios após furto (Reprodução / Globo)

LANCE!
08/06/2021
13:47
Fortaleza (CE)

O ex-atacante Mário Jardel não vive um mês de junho dos mais agradáveis. O ex-atacante de Grêmio, Vasco, Porto e Sporting foi diagnosticado, no sábado, com Covid-19. Ele, que apresenta um quadro gripal leve e já está mantendo os protocolos de segurança de isolamento, acabou tendo o teste como positivo quase uma semana após passar por um susto dentro de casa.

+ SIMULADOR: Veja a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro 2021

+ Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

As informações são do ge.globo. Na última quarta-feira, Jardel afirmou, em rede social, que assaltantes teriam saltado o muro de sua residência, em Fortaleza, invadido a casa pela madrugada e furtado alguns prêmios. Jardel registrou boletim de ocorrência no 15° Distrito Policial, em Fortaleza. 

+ Tite comunista? Posicionamento da Seleção diante rende memes na web

As premiações, como as chuteiras de ouro da Uefa, eram encaradas como um dos maiores trunfos do atacante que é considerado o maior goleador da Europa entre os anos de 1999 e 2002. Em 1997, quando atuava pelo Porto, de Portugal, a chuteira de prata foi conquistada. Os símbolos foram reencontrados no dia seguinte. 

O prêmio de bronze foi levado em 2000, quando o campeão da Libertadores em 1995 pelo Grêmio defendia o Galatasaray. Jardel ainda venceu títulos como o Campeonato Português em quatro oportunidades.