Mario Filho e Nelson Rodrigues

Nelson Rodrigues era torcedor do Fluminense, enquanto seu irmão Mário Filho era Flamengo (embora, como jornalista não declarasse seu time de coração' (Foto: Arquivo pessoal)

Vinícius Faustini
22/12/2020
09:37
Rio de Janeiro (RJ)

As paixões despertadas em torno do Fla-Flu não ficaram restritas às crônicas de Nelson Rodrigues. Convidado da última segunda-feira do "De Casa Com o LANCE!" sobre os 40 anos de saudades do jornalista e dramaturgo, Sacha Rodrigues detalhou como continua a ser erguido o clássico em sua família.

- Desde muito novinho meu avô foi muito ligado ao futebol, muito em virtude do meu tio-avô Milton, que era tricolor assíduo. Mas eu brinco que tem vários Fla-Flus desde essa época. O primeiro deles é entre Nelson Rodrigues e Mário Filho. Depois, vem o segundo Fla-Flu: Joffre, primogênito de Nelson, meu pai, é Flamengo. Já Nelson Rodrigues Filho, Nelsinho, do Bloco Barbas, tricolor - disse.

Em seguida, o ator e produtor contou sobre um fato inusitado na sua geração de Fla-Flu.

- Eu, primeiro neto, me chamo Nelson, mas meu nome artístico é Sacha, sou Flamengo. Meu irmão, Mário, é Fluminense. Como diz um amigo, o jornalista Marcelo Pires, é "DNA invertido". Hoje, Nelson é Flamengo, enquanto Mário é Fluminense! (risos). E tem minha prima Crica, filha do Nelsinho, que é tricolor - e destacou:

- Aí vem uma nova geração. Meu filho Vinícius, primeiro bisneto de Nelson, é Flamengo. Já Murilo, meu primo e filho de Crica, é Fluminense. Os Fla-Flus seguem, não tem um botafoguense, mas tem uma vascaína: a minha mãe. A nora de Nelson é mãe de um Fla-Flu - completou.

Sacha Rodrigues
'Se me perguntam como pode ser neto de Nelson e ser Flamengo, eu falo: cara, tanto pode quanto foi com o aval dele, com a bênção dele, diz Sacha Rodrigues (Divulgação)

O ator, produtor e fotógrafo contou a reação de seu avô Nelson Rodrigues ao saber que ele torcia para o Rubro-Negro.

- Eu tinha meus 5 anos e meu avô me deu de presente a minha primeira camisa do Flamengo. Estava na casa dele, no Leme, cheguei para a ele e falei: "vovô, sei que você gosta do Fluminense, mas eu gosto do Flamengo!". Ele me pegou no colo, me abraçou, segurou a camisa e me disse: "meu neto, torça como o coração pois essa camisa pesa". Então, se me perguntam como pode ser neto de Nelson e ser Flamengo, eu falo: cara, tanto pode quanto foi com o aval dele, com a bênção dele - disse. 

SOBRE O 'DE CASA COM O LANCE!':


O "De casa com o LANCE!" é um programa apresentado exclusivamente por meio do Instagram do site. No formato home office, nossa equipe irá receber convidados exclusivos de diferentes esferas, como atletas, profissionais e influenciadores digitais, além da participação dos leitores com perguntas ao vivo. Para não ficar de fora, acompanhe o nosso Instagram (@diariolance) e o Twitter (@lancenet).