Marcos Uchoa - Globo

Marcos Uchôa cobre as Olimpíadas no país-sede desde 1984 e ficará de fora da equipe japonesa (Foto: Divulgação/Twitter)

LANCE!
28/04/2021
14:29
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de participar das equipes que cobriram as Olimpíadas in loco desde os Jogos de 1984, em Los Angeles, Marcos Uchôa ficará de fora da cobertura do evento no Japão em 2021. De acordo com o portal UOL, o repórter da TV Globo não viajará para Tóquio por causa da pandemia do Covid-19, mas deve continuar participando da equipe que continua no Brasil. 

> Confira as classificações atualizadas dos campeonatos estaduais e simule os resultados do seu time!

O grupo Globo deve mandar cerca de 50 pessoas para Tóquio e nenhuma delas será do Grupo de Risco da Covid-19. Medalhões da cobertura esportiva como Marcos Uchôa e Galvão Bueno, mesmo que vacinados - como é o caso do narrador -, continuaram na cobertura dos Jogos Olímpicos a partir dos estúdios da emissora, no Rio de Janeiro. 

Para manter o ritmo do repórter, Uchôa deve ganhar um quadro no "Esporte Espetacular" para falar sobre histórias das Olimpíadas durante os Jogos. O jornalista também participará durante a transmissão da abertura do evento, como ele fez in loco no jogos do Rio em 2016 e de Londres em 2012. 

Marcos Uchôa participou pela primeira vez da equipe que cobriu os Jogos Olímpicos no país-sede em 1984, nas Olimpíadas de Los Angeles. De lá pra cá, o repórter participou de outros oito Jogos, em 1988, 1992, 1996, 2000, 2004, 2008, 2012 e 2016.