Rogerio Daflon

Rogério Daflon morreu vítima de politraumatismo (Foto:Reprodução)

LANCE!
16/07/2019
10:14
Rio de Janeiro (RJ)

Morreu, nesta segunda-feira, o jornalista e escritor Rogério Daflon, aos 55 anos, vítima de politraumatismo em razão de um atropelamento por um motoqueiro, que não prestou socorro. O acidente aconteceu há uma semana, em Laranjeiras, na Zona Sul do Rio. Ele ficou internado no Miguel Couto, onde passou por cirurgia, mas não resistiu. Até o momento, não há informações sobre o sepultamento.

Nascido no Rio, Rogério trabalhou em diversos veículos e redações, em jornais como O GLOBO e Jornal do Brasil, e pelas revistas Época, Veja-Rio e Isto é. No jornalismo esportivo, Daflon fez parte da equipe da Revista Placar. Ele lançou dois livros relacionados ao esporte: "Geografia social do esporte", com Felipe Awi, e "Heroísmo sem limites", com João Máximo.

Mestre e especialista em planejamento urbano e regional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e graduado em jornalismo pela FACHA, venceu a 1ª edição do Prêmio ISWA, em Florença, na Itália, com uma série de reportagens sobre a gestão de resíduos no Rio de Janeiro.