Jorginho

Jorginho criticou postura dos jogadores que participaram do 7 a 1 (Foto: Divulgação / PontePress)

LANCE!
01/08/2019
13:26
Rio de Janeiro (BRA)

Jorginho criticou a postura dos jogadores da Seleção Brasileira, que integraram o elenco para a Copa do Mundo de 2014, após a derrota histórica para a Alemanha, por 7 a 1. Segundo o atual treinador da Ponte Preta, os atletas já estavam de férias, em Ibiza e não sentiram a derrota. Ao lado de Dunga, que relembrou a final de 1994, Jorginho fez um paralelo de 2014 com a Seleção na Copa de 1990.

- Quando a gente tomou de 7, alguns jogadores postaram fotos em Ibiza dois, três dias depois. É duro. É difícil de a gente engolir uma situação como essa. Todo atleta precisa curtir ao máximo cada momento. Você tem que sentir a dor da derrota para valorizar o dia que ganhar - disse Jorginho no 'Conversa com o Bial' da 'TV Globo', e completou, relembrando a Copa de 90:

- A diferença desse grupo é que ele realmente sentiu a dor da derrota. Eu fiquei um mês sem sair de casa. A final entre Argentina e Alemanha, eu não consegui ver. Triste, chorando - pontuou Jorginho.

Técnico da Seleção em 2010 e capitão na conquista de 1994, Dunga relembrou o momento decisivo na disputa de pênaltis e a responsabilidade, contra a Itália, que culminou no tetra.

- Lembrei da conversa com o meu pai. Eu só queria uma chance e estava tendo mais. Apesar de ser um jogo coletivo, eu era uma pessoa decisiva naquele momento. Quando comecei a caminhar (para o pênalti), não vi mais nada. Coloquei a bola. Quando vi entrar no gol, fiquei cansado - relembrou.