Montagem - Milena e Jean

Goleiro Jean chegou a ser preso nos EUA por agressão doméstica à Camila Bemfica, sua ex-esposa (Foto: Reprodução)

LANCE!
14/02/2020
11:36
São Paulo (SP)

A influencer Milena Bemfica, mãe das filhas do goleiro Jean, atualmente no Atlético Goianiense, voltou a compartilhar fotos dela quando foi agredida pelo atleta, segundo a acusação. Além disso, ela afirmou, nesta sexta-feira, via Instagram, que o jogador não está pagando a pensão para as filhas e ainda explicou o motivo de ter postado a situação.

- A Justiça determinou o valor, não eu... Se não pagar, será preso. Vim falar na mídia porque há uma semana o pai sumiu e a assistência dos livros que ele deveria dar, ele não deu. Quando me pronunciei, apareceu todo mundo... porque será? - ressaltou Milena, que prosseguiu:

- Mentira tem perna curta. Pior de tudo é macho escroto que trai a mulher, espanca, caga para as filhas e ainda quer se fazer de vítima! Amante legalizada, sim! E macho escroto sim! - afirmou nas redes sociais.

A ex-companheira do atleta ainda compartilhou imagens do que seria uma conversa pelo aplicativo Whatsapp, onde os dois debatem os valores da escola das filhas. Enquanto Milena pede o dinheiro para matricular as garotas na escola seja depositado na conta dela, o ex-São Paulo e jogador de futebol afirmou ser um valor alto demais para o que ele pode pagar.

Milena explicou nas postagens que nunca dependeu de "macho escroto", o que classificou Jean, e disse ter trabalhado sempre "solteira". Ela ainda alegou que não deixou de trabalhar desde a separação dos dois.

- Assuma a culpa sem mentir e manipular... As minhas filhas presenciaram tudo. Ele só parou porque elas entraram no meio. Eu não tropecei, ele puxou o meu cabelo e começou a me esmurrar! Você se transformou em um monstro - retrucou ela.

Ficha Jean
Jean chegou a ser fichado pela polícia americana (Foto: Reprodução)

Jean foi apresentado pelo Dragão, nesta quinta-feira, e pediu "desculpas às mulheres que tenham se ofendido" pelo crime alegado pela ex-companheira.

O novo contratado pelo time goiano teve o seu acordo rompido com o Tricolor paulista no fim do ano passado e chegou a ser preso pelo polícia dos Estados Unidos, onde ocorreu o crime, por violência doméstica, no dia 18 de dezembro de 2019.

Veja as imagens compartilhadas por ela (CENAS FORTES):

Montagem - Caso Milena e Jean
ATENÇÃO: Cenas fortes. Camila foi agredida pelo ex-marido nos EUA (Foto: Reprodução/Instagram)