Montagem - Denílson e Belo

Denílson (à esquerda) é um dos principais comentaristas esportivos da Band (Foto: Divulgação)

LANCE!
09/10/2019
12:26
São Paulo (SP)

O ex-jogador e comentarista esportivo Denílson voltou a cutucar o cantor Belo. Na manhã desta quarta-feira, o ex-atacante esteve no programa "Aqui na Band", onde participou do quadro "Dez Fatos que Marcaram Minha Vida". Além de contar um pouco mais sobre sua relação com sua esposa, Luciele Di Camargo, e momentos de sua carreira, Denílson também comentou sobre a batalha jurídica que trava com Belo.

- Não tenho nada para falar com ele, tá louco? Se ele quiser me encarar, tem que sair da calçada, quem está me devendo é ele - brincou o ex-jogador de São Paulo, Real Bétis (ESP) e Seleção. Belo tem uma dívida de R$ 5 milhões com o ex-atleta, que, no passado, comprou os direitos da banda Soweto. Belo teria deixado o grupo sem pagar uma indenização.

O apresentador da Band ainda afirmou ter ido atrás dos valores para saldar a dívida e afirmou ser algo de conhecimento geral.

- Isso é público e notório. nunca deixei de falar sobre o assunto. Onde eu vou hoje, entro com a cabeça erguida. É o que o ser humano deveria fazer. É muito simples esse problema. Pagou? Tá resolvido. E já era - comentou Denílson.

O parceiro de Renata Fan na apresentação do programa "Jogo Aberto", na emissora paulista, ainda foi perguntado se Belo teria o valor estipulado em sua conta para pagar a dívida e foi certeiro na resposta com seu jeito brincalhão.

- Não dá pra saber onde o calo aperta. Sei que a Justiça foi feita. O cara me deve e ainda me processa (Belo entrou com ação contra Denílson por cobrá-lo nas redes sociais, em 2017). Ele tem que pagar as custas do advogado, já é coisa dele. E o processo que ele tem que pagar as custas do advogado, já é coisa dele. E o processo que ele tem comigo, e o valor, ele tem que me pagar. O martelo já foi dado. Não pode fazer mais nada. É só ele ligar e falar: 'eu pago 1 mil reais por mês, 500 reais por mês' - respondeu o ex-jogador.

Ainda no programa, a principal atração dos programas esportivos da Band ainda contou sobre a sua relação com a esposa Luciele: "Quando a gente se conheceu, acharam que era uma relação de celebridades. Mas, aconteceu. O primeiro momento que encontrei com ela, falei: 'é isso'. Queria que ela fosse a mãe dos meus filhos. Já são 12 anos".

Sobre a carreira, Denílson contou que, caso tivesse conhecido sua amada na época de jogador, teria sido um atleta melhor. Transferido em 1998 do São Paulo para o clube espanhol, ele contou ter ficado com 15% dos US$ 32 milhões, o que, para o histórico jogador do Betís, resolveu sua vida financeira.

- Sempre fui um cara tranquilo em relação a isso (ficar ostentando luxuosidades). Meu pai e minha mãe sempre estiveram presentes em todas as etapas da minha vida. Foi uma novidade pra todo mundo a minha transferência, que foi a mais cara do mundo. Não foi fácil administrar. Tive um empresário que foi importante, mas meses depois ele acabou me enganando - contou sobre os tempos como atacante, e completou:

- A vida ensinou demais meus pais e me culpei muito por ter sido enganado pelo meu empresário. Era a chance de eu recuperar o que ele tinha tirado de mim. E meus pais estiveram mais presentes - finalizou ele.