Pelé despedida

Pelé se despediu do futebol em partida nos Estados Unidos, em 1977 (Foto:Reprodução/Facebook)

LANCE!
19/02/2021
13:12
Rio de Janeiro (RJ)

A revista Placar fez, na edição de fevereiro deste ano, um levantamento com 170 jornalistas para definir uma verdadeira constelação de estrelas para a Seleção Brasileira de todos os tempos. Com nomes como Romário, Ronaldo, Pelé e Garrincha liderando o ataque, a revista criou um elenco titular e outro reserva com a votação.

+ Simule os resultados do Brasileirão e confira a tabela de classificação

A escalação principal ficou com Taffarel (85 votos); Carlos Alberto (104), Aldair (88), Bellini (72) e Nilton Santos (99); Falcão (80), Pelé (165) , Didi (84); Ronaldo (130), Garrincha (132), Romário (97), além do treinador Zagallo (94). Lembrando que a formação foi definida em 4-3-3.  Todos os jogadores escolhidos foram campeões mundiais pela Seleção, assim como o comandante, que venceu como atleta e técnico.

A riqueza de astros do futebol fez a revista eleger também um "Banco de reservas luxuosos". A escalação com o treinador Telê Santana (54 votos) ficou com: Gylmar (65) Cafu (29), Mauro (53), Domingos da Guia (31) e Roberto Carlos (53); Gérson (59), Zico (74) e Rivaldo (17); Ronaldinho Gaúcho (29), Sócrates (19) e Rivellino (56).

A colheita dos votos ainda entregou mais um elenco recheado de campeões: o terceiro time da Seleção Brasileira de todos os tempos foi escalado com Dida (7 votos); Djalma Santos (23), Oscar (20), Luís Pereira (24) e Júnior (19); Clodoaldo (11), Dunga (7) e Zito (15); Zizinho (7), Tostão (13) e Leônidas da Silva (6). Carlos Alberto Parreira foi eleito o treinador dessa seleção.

A escalação chama atenção por contar com atletas campeões pela Seleção, tendo se destacado os vencedores da Copa de 2002, 1994 e 1970. Outro time que ficou marcado na memória embora não tenha vencido foi a Seleção Brasileira de 1986.