Brasil x Equador

Nenhum jogador da Seleção Brasileira masculina utiliza o número 24 na camisa nesta Copa América (Douglas Magno / AFP)

LANCE!
30/06/2021
22:46
Rio de Janeiro (RJ)

O juiz da 10ª Vara Cível Ricardo Cyfer concedeu, na noite desta quarta-feira, uma liminar dando 48 horas para a CBF explicar a ausência do número 24 das camisas da Seleção Brasileira masculina nesta Copa América. A Confederação será multada em R$ 800 por dia caso não responda à determinação. A informação é do jornal "O Globo". 

> Confira a tabela atualizada da Copa América 2021 e simule os confrontos!

+ Conheça o novo app do LANCE! e fique por dentro dos resultados e notícias!

A ação foi apresentada pela ONG Grupo Arco Íris de Cidadania LGBT e questiona o porquê da numeração dos jogadores da Seleção Brasileira pular o número 24 nesta Copa América. A CBF terá que responder cinco perguntas nas próximas 48 horas para explicar a ausência. 

- O fato da numeração da seleção brasileira pular o número 24, considerando a conotação histórico cultural que envolta esse número de associação aos gays, deve ser entendido como uma clara ofensa a comunidade LGBTI+ e como uma atitude homofóbica - diz o grupo na petição. 

A CBF terá que responder às seguintes perguntas: 

- A não inclusão do número 24 no uniforme oficial nas competições constitui uma política deliberada da interpelada?

- Em caso negativo, qual o motivo da não inclusão do número 24 no uniforme oficial da interpelada?

- Qual o departamento dentro da interpelada que é responsável pela deliberação dos números no uniforme oficial da seleção?

- Quais as pessoas e funcionários da interpelada, que integram este departamento que delibera sobre a definição de números no uniforme oficial?

- Existe alguma orientação da FIFA ou da CONMEBOL sobre o registro de jogadores com o número 24 na camisa?