Fabio Wajngarten

Fabio Wajngarten testou positivo para coronavírus após encontro com presidente Trump, nos EUA, em março (Divulgação)

LANCE!
08/06/2020
12:44
Brasília (DF)

Chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social do Governo Federal, o advogado Fabio Wajngarten compartilhou uma comparação que gerou polêmica na manhã desta segunda-feira. Nas redes sociais, ele comparou o novo horário da divulgação das taxas de COVID-19 no Brasil, às 22h, com o horário de exibição de algumas partidas de futebol.

- Novamente dois pesos e duas medidas por parte da mídia: divulgar boletim da saúde às 22:00 é escândalo. Transmitir futebol às 22:00 sem transporte público, todos ficam calados - escreveu ele pelo Twitter.

A repercussão negativa logo aconteceu com comentários na postagem: "Jura mesmo que o senhor fez essa comparação?". Outros usuários da rede também debateram sobre a relação entre as partida de futebol acontecerem pela noite e a publicação de informações tão necessárias ao povo brasileiro.

As recentes decisões do Governo Federal de alterar o horário fixo da divulgação dos boletins médicos com atualizações nos números de coronavírus no país, como a taxa de casos e de mortes em decorrência da doença, foi criticada por parte dos cidadãos.

Na última semana Bolsonaro chegou a dizer para apoiadores que teria "acabado boletim no Jornal Nacional", programa da "Globo", o que levantou suspeitas em parte da população sobre a intenção da troca. A emissora rebateu, alegando que o público seria "informado sobre os números tão logo sejam anunciados". Bolsonaro ainda explicou que a demora seria para consolidar os dados.