Final do Campeonato Brasileiro de 1995: Santos x Botafogo

Em dezembro de 1995, Botafogo empatou com o Santos por 1 a 1 e conquistou o título do Campeonato Brasileiro de 1995 (Foto: Reprodução)

LANCE!
28/05/2020
14:10
Rio de Janeiro (RJ)

Durante a quarentena, Globo e Band têm reprisado jogos históricos nas tardes de domingo. No entanto, no próximo dia 7 de junho, a emissora paulista irá reexibir, dentro da faixa 'Você Torceu Aqui', duas horas antes, o mesmo jogo confirmado pelo canal carioca: a decisão entre Botafogo e Santos, do Campeonato Brasileiro de 1995. 

A principal diferença é que a exibição da Globo será apenas para o Rio de Janeiro e algumas outras localidades, enquanto a Band vai exibir a partida para todo o Brasil. O jogo que deu o bicampeonato ao Glorioso, e consagrou a geração de Túlio Maravilha, Wilson Gottardo, Donizete, Sérgio Manoel e cia.

Neste sentido, a Band irá transmitir a partida às 14h, enquanto a emissora carioca irá apresentar o jogo às 16h. Para isso, ambos os canais optaram pela manutenção da narração original, de Luciano do Valle e Galvão Bueno, respectivamente.

Ao longo da pandemia, a reprise de jogos históricos tem sido uma opção para preencher a lacuna que a inatividade do futebol deixou na programação tanto dos canais abertos, quanto da TV por assinatura. Vale relembrar que  a reprise da final da Libertadores de 2019, entre Flamengo e River Plate, foi reexibida por Fox Sports e SporTV em horários distintos.

Após reexibir jogos das seleções masculina e feminina, a emissora carioca optou por trazer a cada final de semana uma decisão dos times das principais praças. No Rio, já foram reprisados jogos do Flamengo, Vasco, e no próximo domingo será a vez do Fluminense. No dia 7, o canal dá sequência a estratégia mostrando um título do Botafogo, reprise confirmada desde o dia 9 de maio, enquanto a Band anunciou o jogo nesta quinta-feira. 

Por fim, na final do Campeonato Brasileiro de 1995, o Botafogo ficou com o título ao empatar por 1 a 1 com o Santos no Pacaembu. No jogo de ida, o Glorioso havia vencido por 2 a 1 no Maracanã. A partida decisiva teve arbitragem contestada pela torcida paulista. Márcio Rezende de Freitas apitou o último título de expressão nacional do alvinegro carioca.