Ataques nas redes sociais a atletas nas Olimpíadas serão bloqueados por IA; entenda

COI prevê meio bilhão de publicações nas mídias sociais durante os Jogos de Paris

aneis-olimpicos-de-paris-2-aspect-ratio-512-320
As Olimpíadas de Paris vão reunir 15 mil atletas e dirigentes

Escrito por

Os ataques nas redes sociais a atletas e autoridades nos Jogos Olímpicos de Paris serão bloqueados por meio de Inteligência Artificial. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (14) pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach.

Os Jogos, que começam no dia 26 de julho, reunirão mais de 10,5 mil atletas, e a estimativa do COI é de que gerem mais de meio bilhão de engajamentos nas mídias sociais durante os 16 dias das competições.

➡️Siga o Lance! Fora de Campo no WhatsApp e saiba o que rola fora das 4 linhas

- O COI usará a IA em Paris em diferentes áreas. Uma delas é a proteção, já que esperamos meio bilhão de publicações nas mídias sociais durante esses Jogos. Se alguém levasse apenas um segundo para ler cada postagem, levaria 16 anos para analisá-las - afirmou Bach.

O presidente do COI explicou como o sistema vai funcionar.

- O COI fornecerá uma ferramenta proativa de IA para proteger os atletas contra o abuso cibernético. Essa ferramenta de IA oferece monitoramento extensivo, abrangendo 15 mil atletas e dirigentes. Isso apaga automaticamente as publicações abusivas para proteger os atletas - disse.

Segundo o COI, as medidas abrangerão todos os tipos de abuso, não apenas ataques políticos, mas o comitê não deu detalhes sobre o tipo de acesso que os atletas deveriam dar às suas contas.

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter