Putin e Alina Kabaeva

Alina entrou no mundo do esporte aos 15 anos e depois se tornou deputada do partido político de Putin - Foto: Reprodução

LANCE!
07/04/2022
11:12
Rio de Janeiro (RJ)

O governo norte-americano anunciou nesta quarta-feira (06) mais sanções contra a Rússia por conta da invasão realizada na Ucrânia. Entre os alvos, está, além das próprias filhas de Vladimir Putin, a ex-ginasta olímpica Alina Kabaeva, que é apontada como amante do presidente russo.

Alina Kabaeva está com 38 anos. É uma medalhista olímpica que estaria se envolvendo com o presidente russo. Ela despontou no esporte logo aos 15 anos de idade, quando conquistou seu primeiro campeonato europeu de ginástica. Aos 22 anos, decidiu se aposentar. Em sua carreira, conquistou 18 títulos mundiais, 25 conquistas europeias e duas medalhas olímpicas.

Depois de se aposentar da ginastica, Alina ingressou na carreira política. Aos 24 anos, se tornou deputada do partido de Putin e os rumores sobre um possível envolvimento entre os dois começaram. 

Contudo, o presidente russo já negou anteriormente ter um relacionamento com Kabaeva, permanecendo discreto em assuntos relacionados à sua vida pessoal. Ele foi casado com Lyudmila Putina por 30 anos, até eles terminarem a união, em 2013. Kabaeva, por sua vez, também nega qualquer vínculo afetivo com Putin. A ex-ginasta atualmente mora na Suíça.

Georgy Alburov, que trabalha para o líder da oposição russa Alexei Navalny, foi um dos que lideraram o pedido de sanções contra Kabaeva. Por meio do Twitter, nesta terça-feira, ele publicou uma série de posts detalhando os motivos que indicariam a necessidade de ela ser punida.

- Alina Kabaeva deve ser sancionada imediatamente. Ela é a beneficiária da corrupção de Putin, e seus parentes compram apartamentos e casas com dinheiro roubado de russos. Ela é um membro do círculo íntimo de Putin, um membro de sua família que se aproveita de sua posição - escreveu.

Segundo o o veículo britânico “Telegraph”, Kabaeva e seus filhos estão escondidos em um chalé suíço, enfrentando crescentes pedidos para serem extraditados de volta para a Rússia.

A ex-ginasta tem quatro filhos. Apesar de Putin ser apontado por muitos como o pai, a paternidade das crianças nunca foi confirmada.