Grêmio x Fluminense

Fernando Diniz foi do inferno ao céu dentro da Arena do Grêmio (Foto: LUCAS MERÇON/FLUMINENSE)

Joel Silva
06/05/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

A vitória do Fluminense sobre o Grêmio pode ter mudado algumas convicções do técnico Fernando Diniz. Isso porque o time conseguiu a virada épica após Daniel substituir Airton. A mudança representou o fim do esquema com três volantes, que não havia funcionado nos últimos três jogos, nos quais o Fluminense acabou sendo derrotado.

Outro fator interessante da vitória Tricolor foi mostrar que existe vida após Everaldo. O jogo contra o Grêmio foi o primeiro do time sem o atacante, que vai defender o Corinthians. Fernando Diniz se mostrou um pouco perdido quanto ao substituto, já que escalou o meia Guilherme. O estreante não foi bem e dificilmente será mantido para o próximo jogo, clássico diante do Botafogo.

Tudo indica que Pedro deverá ser o titular, uma vez que o atacante está melhor a cada jogo. Tendo uma semana inteira para o próximo compromisso, dificilmente o artilheiro fique de fora. A equipe se comportou muito bem com a trinca ofensiva formada por Pedro, Yony e Luciano. Tanto que os três marcaram na vitória sobre o Grêmio.

Além de Pedro no seu meu melhor nível após a lesão, Paulo Henrique Ganso também pode estar a disposição para o clássico. O meia já está em trabalho de transição física após a lesão muscular na coxa e deve começar a treinar com os companheiros já nos próximos dias. O lateral-esquerdo Mascarenhas está no mesmo processo.

Com as opções em mãos, somadas ao aprendizado da vitória sobre o Grêmio, Diniz tem tudo para não repetir os erros anteriores, podendo escalar a melhor versão do Fluminense em 2019.