Yony Fluminense

Yony marcou cinco gols nos últimos quatro jogos (Foto: Mailson Santana/Fluminense)

Joel Silva
06/08/2019
20:30
Rio de Janeiro (RJ)

O atacante Yony González vive o seu melhor momento pelo Fluminense. Nas palavras do próprio jogador, a fase é a melhor de toda a carreira. Por conta disso, o colombiano já vem recebendo sondagens e, devido a sua valorização, dificilmente vai permanecer no Tricolor.

Neste ano, tanto Pedro Abad, quanto Mário Bittencourt, já fizeram proposta para renovar o vínculo de Yony González, que se encerra no fim de 2019. Em fevereiro, o primeiro presidente propôs um contrato de três anos, aumento salarial e luvas, para obter cerca de 70% dos direitos econômicos. Na época, as condições agradaram o staff do colombiano, porém o próprio atleta recusou.

Recentemente, foi a vez da nova gestão apresentar uma proposta a Yony González. Os termos foram parecidos, porém sem o pagamento de luvas para assinar a renovação. Na ocasião, o Fluminense passava por graves problemas financeiros, com atrasos salariais, o que fez o colombiano recusar mais uma vez, tendo em vista que era inferior em comparação com a primeira.

O futuro de Yony González pertence ao próprio jogador, que possui 90% dos direitos econômicos, enquanto o Fluminense detém 10%. Mesmo que não diga abertamente, o colombiano quer a garantia de que vá receber em dia e por não tê-la, está disposto a deixar o Tricolor após o fim do contrato. De acordo com os seus representantes, dificilmente o atacante vai aceitar uma nova investida do clube, caso isso venha ocorrer.

Com mais quatro meses de vínculo com o Fluminense, Yony González já pode assinar um pré-contrato com um outro clube. Os interessados já começaram a se movimentar, tendo em vista que o atacante marcou cinco gols nas últimas quatro partidas. O principal concorrente é o Atlético-MG, o único até o momento que procurou os representantes do atleta.

Na atual temporada, Yony González disputou 36 jogos e marcou 15 gols. Está empatado com Luciano, que já deixou o clube, na artilharia do Fluminense em 2019.